Mercado solidário retorna R$ 1,480 milhão a produtores

Com 38 citricultores associados, a Cooperativa de Produtores do Comércio Solidário (Coopsoli), fundada em 2018 em parceria com a Cocamar Cooperativa Agroindustrial, capitalizou R$ 1,480 milhão em 2020, como resultado do embarque de 1.193 toneladas de suco concentrado e congelado para o mercado solidário internacional. A entidade está sediada em Maringá (PR).

A coordenadora de projetos da Coopsoli, Silvia Podolan, explica que, pelas regras do comércio justo, a cada tonelada de suco exportado para esse segmento é pago um adicional de US$ 250 que retorna com a finalidade de que seja aplicado em projetos de melhorias na base da produção, ou seja, os citricultores – em sua maioria de pequeno porte, cujas áreas possuem até quatro módulo fiscais.

“O consumidor lá fora não se importa um pagar um pouco a mais pelo suco, mediante a certificação de que o mesmo é produzido em condições não degradantes para os trabalhadores e o meio ambiente. O dinheiro que retorna se transforma em iniciativas voltadas, entre outros itens, para promover o aumento da produtividade dos pomares e ações destinadas à prevenção do greening – a principal enfermidade da cultura -, como o controle natural do psilídeo – o vetor da doença -, realizado por uma vespinha (Tamarixia Radiata) que é disseminada nos pomares”, detalha a coordenadora.

O suco de laranja certificado com o selo Flo (Fairtrade Labelling Organization International), organização não governamental alemã, é exportado pela Louis Dreyfus, que distribui a bebida, principalmente, para países do continente europeu.

Entre as exigências para que os produtores se enquadrem no programa estão o rigor quanto aos direitos trabalhistas da mão de obra envolvida na colheita, a não contratação de trabalho infantil, a disponibilização de transporte adequado e estruturas como sanitários móveis e espaço para descanso e refeições, o uso de equipamentos de proteção individual, entre outros.

Em abril, a Coopsoli passou por nova auditoria e manteve seu certificado ativo para novas comercializações para o mercado solidário.

Fonte: Cocamar

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...