Ministra da Agricultura recebe demandas do setor de cafés do Brasil

O presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, reuniu-se com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, na última semana, para tratar de assuntos de interesse da cafeicultura brasileira e apresentar a nova governança da entidade.

Também participaram da audiência o secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, Fernando Silveira Camargo; o diretor do Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas, Alexandre de Oliveira Barcellos; a diretora do Departamento de Produção Sustentável e Irrigação, Mariane Crespolini; e o diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, Silvio Farnese.

Entre os assuntos encaminhados pelo CNC está o estabelecimento das bases para um programa de pagamentos por serviços ambientais aos cafeicultores, a partir da metodologia desenvolvida pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). A proposta é fruto do acordo de cooperação técnica entre o CNC e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), para desenvolvimento em parceria com o Mapa.

O programa objetiva intensificar o uso das boas práticas conservacionistas nas propriedades cafeicultoras e a valorização dos serviços ambientais prestados pelos produtores à sociedade. Seus resultados contribuirão para o reforço positivo da imagem dos cafés do Brasil no quesito sustentabilidade. “Com o desenvolvimento desse projeto, será possível mostrar aos consumidores nacionais e internacionais, com dados quantitativos, a importância de nossos cafés para o meio ambiente, em especial para a preservação dos recursos hídricos”, comenta o presidente do CNC.

Silas Brasileiro também apresentou à ministra Tereza Cristina a nova governança do CNC, que agora inclui quatro comitês técnicos nas áreas de sustentabilidade, pesquisa & tecnologias, estatísticas e comunicação. “Discutimos com a ministra os trabalhos em desenvolvimento nos comitês que possuem sinergia com o Ministério da Agricultura, visando maior integração das ações para o benefício direto dos cafeicultores e de suas cooperativas”, esclarece.

Destaque foi dado aos encaminhamentos da reunião do Comitê de Estatísticas do CNC com a equipe da Diretoria de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Dipai/Conab), realizada no dia 27 de maio, quando foram apontadas as dificuldades orçamentárias existentes para a atualização do mapeamento do parque cafeeiro. “Sugerimos à ministra caminhos administrativos que viabilizem a liberação de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para reforçar a equipe da Conab dedicada à geração das estatísticas cafeeiras do Brasil”, explica Brasileiro.

Por fim, o presidente do CNC também convidou a ministra da Agricultura para participar do evento de comemoração do aniversário de 40 anos do Conselho Nacional do Café, que será realizado no dia 08 de julho. A ministra Tereza Cristina considerou relevantes os assuntos tratados e encaminhou as propostas apresentadas pelo presidente do CNC para análise da equipe técnica do Mapa.

Fonte: CNC

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...