Mulheres ganham comissão especial na Federação da Agricultura de São Paulo

Foto: iStock

A Comissão Especial Semeadoras do Agro da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) será lançada nesta terça-feira (8), Dia Internacional das Mulher. “A Comissão é um reconhecimento da importância crescente da importância trabalho das mulheres na agropecuária. Em todas as etapas da produção, elas ocupam postos-chave e contribuem para o desenvolvimento do setor”, afirma o presidente da Faesp, Fábio de Salles Meirelles.

Anúncio

A Comissão é um órgão colegiado de caráter consultivo, vinculado à presidência da Federação, com o objetivo de congregar mulheres, direta ou indiretamente ligadas ao campo, para subsidiar a entidade na implantação de ferramentas de valorização e empreendedorismo das mulheres do campo.

Anúncio

Essa valorização ocorrerá por meio de políticas públicas que reduzam a desigualdades de gênero na sociedade brasileira, bem como proporcionar o fortalecimento da economia criativa e o aprimoramento do trabalho realizado na entidade.

O lançamento da Comissão contará com a presença da sua presidente de honra, Ivette Lacerda Meirelles, produtora rural, professora e que sempre atuou em prol da agropecuária paulista. A Comissão terá a coordenação diretora da Faesp, Adriana Menezes. Ocorrerão palestras com temas sobre negócios e justiça. Eliana Germano, consultora de negócios do Sebrae-SP, e Fabíola Sucasas, promotora de Justiça, realizarão palestras na cerimônia de lançamento.

Entre as diversas finalidades da comissão, estão: assessorar o presidente da Faesp em reuniões sobre assuntos de interesse pertinentes às mulheres que trabalham no campo; discutir e acompanhar temas de interesse das mulheres e de suas respectivas cadeias produtivas, direta ou indiretamente, ligados ao setor de agro; representar a Faesp e recepcionar autoridades, quando designada pelo presidente, em missões ou eventos de caráter técnico, nacionais ou internacionais; analisar e acompanhar as notícias do setor; promover e participar de agendas de trabalho propostas por fóruns multilaterais e os principais contenciosos envolvendo as diversas cadeias produtivas e manifestar-se sobre os assuntos encaminhados pela diretoria e presidência da Federação.

“A agropecuária brasileira e paulista jamais chegaria a este elevado estágio sem o importante trabalho das trabalhadoras e empreendedoras deste setor”, finaliza o presidente da Faesp.

Fonte: Ricardo Viveiros & Associados

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...