Nova Venécia recebe oficina sobre produção de leite para colaboração Pedeag 4

Foto: Envato

O município de Nova Venécia recebeu nesta quinta-feira (6) uma oficina presencial para colaboração no Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba (Pedeag 4), que está sendo coordenado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

Anúncio

Município com forte atuação na pecuária leiteira, Nova Venécia teve o encontro voltado para a cadeia produtiva do leite. A oficina foi realizada no Parque de Exposição de Nova Venécia, durante a Feira Agro Nater Coop.

Anúncio

“Queremos que o PEDEAG 4 seja uma referência, por isso estamos reunindo as lideranças do setor para fazer esse planejamento. A construção do plano está avançando nas principais cadeias produtivas do Estado, discutindo e propondo ações para os próximos dez anos. Já debatemos com o setor da avicultura, silvicultura, pimenta do reino, pesca, heveicultura e, agora, a pecuária leiteira. Também estamos inovando ao trazer o conceito de inovabilidade, ou seja, inovação tecnológica com sustentabilidade, que será uma premissa para todas as cadeias produtivas do Estado”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

O secretário ressaltou que a pecuária leiteira no Espírito Santo passa por um grande desafio, que é aumentar a produtividade de leite nas propriedades rurais capixabas e tornar o Estado autossuficiente na produção.

“A pecuária de leite tem um potencial enorme no Espírito Santo. Temos em terras capixabas um arranjo produtivo com capacidade instalada para processar mais do que o dobro da nossa produção de leite atual. A ociosidade ainda é grande, então é nosso dever discutir o avanço tecnológico nessa cadeia produtiva”, destacou o secretário.

Os participantes foram contextualizados sobre a elaboração do Pedeag 4 e receberam informações do setor para identificar as forças, as oportunidades, a fraqueza e as ameaças da cadeia produtiva. Eles também participaram de uma dinâmica para avaliar o segmento e propor ideias.

Os encontros para a colaboração na elaboração do Pedeag 4 vão até o dia 18 de agosto. Ao todo, serão 40 encontros, entre oficinas e reuniões técnicas, abrangendo as cadeias produtivas de maior representatividade para o Estado. Os encontros técnicos contam com metodologias participativas para discutir e propor açõesque serão inseridas no Pedeag 4, que ficará em vigor até 2032. O intuito é planejar ações e iniciativas que buscam alavancar o setor com políticas que promovam o desenvolvimento sustentável e tecnológico da agropecuária capixaba.

São discutidos temas transversais, como agricultura familiar, mudanças climáticas, crédito rural, mulheres no agro, logística, sucessão familiar e comunicação no agro. As oficinas vão ocorrer em diferentes municípios do Espírito Santo, valorizando a participação das ideranças do agro capixaba e almejando ampliar os horizontes, por meio do conceito de inovabilidade.

Também é possível participar da construção do plano de forma on-line, acessando aqui ou o site da Seag (seag.es.gov.br) e clicando no banner do Pedeag 4.

PEDEAG – O Pedeag é um Plano de Estado e tem como objetivo ser um referencial para o desenvolvimento das principais cadeias produtivas da agricultura, pesca e pecuária do Espírito Santo, de modo a integrar programas, projetos e ações entre os setores público, privado e não governamental.

Para o desenvolvimento do PEDEAG 4 – 2023/2032, coordenado pela Seag, serão realizados seminários temáticos para discussão com o público, visando estabelecer as metas e as prioridades para a Gestão do Governo do Estado 2023-2026, incorporando temas transversais contemporâneos, como a sustentabilidade, ESG (do inglês, sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa), descarbonização, para o Horizonte de Planejamento – 2023/2032. Será disponibilizado ainda um ambiente virtual para contribuições via internet.

A metodologia proposta para a sua construção está dividida em três etapas: investigação de cenário, definição de estratégia e estruturação do ambiente. A previsão é de que o relatório final do Pedeag 4 seja apresentado em seis meses.

Fonte: Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Estudo procura ferramentas para ajudar cafeicultores do ES no combate à ferrugem

Foto: Acervo da Pesquisa Uma pesquisa da Ufes está criando um sistema para ...

Dois novos cursos de doutorado aprovados na Ufes em Alegre e Maruípe

A Capes aprovou dois novos cursos de doutorado na Ufes, um em Nutrição ...

Exportações do agro do Espírito Santo crescem 83% no primeiro semestre de 2024

Foto: Freepik Nos primeiros cinco meses de 2024, o agronegócio do Espírito Santo ...

Casos suspeitos de doença de Newcastle na zona de proteção são descartados no Rio Grande do Sul

Foto: Freepik Três casos suspeitos de doença de Newcastle (DNC) foram descartados após ...

Feira de Agronegócios Cooabriel tem projeção milionária de negócios

Foto: Cooabriel A Feira de Agronegócios da Cooabriel, realizada pela cooperativa e considerada ...