Oficina de certificação e comercialização de produtos orgânicos é realizada em Linhares

A certificação e comercialização de produtos orgânicos foi tema de uma oficina realizada pelo Escritório Local de Desenvolvimento Rural (ELDR) do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) de Linhares. No evento foram apresentadas as diferentes formas de garantir a qualidade orgânica e discutidos os mecanismos de comercialização direta. 

A oficina foi realizada, na última semana, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Linhares e Sooretama, e contou com a participação de 37 pessoas, entre agricultores e assentados; técnicos do Incaper; representantes da câmara de vereadores de Linhares, além de bolsistas, estagiários, técnicos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES) e técnicos do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) de São Gabriel da Palha. Também teve a presença do secretário de Agricultura de Linhares, Franco Fiorot. 

A realização da oficina compõe uma das metas do projeto “Estruturação de Organizações de Controle Social no norte do Espírito Santo e avaliação dos impactos econômicos e sociais na vida dos agricultores familiares”, fomentado pela Fundação de Amparo Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). O projeto é desenvolvido pelo Incaper nos municípios de Linhares, Jaguaré e Aracruz.

Durante a atividade, foram levantadas questões como locais adequados para realização de feiras orgânicas; apoio necessário para os agricultores; mecanismos de controle da qualidade dos produtos orgânicos; entre outras. O coordenador do ELDR do Incaper de Linhares, Daniel do Nascimento Duarte, explicou que o projeto prevê o intercâmbio dos produtores para conhecer experiências de diferentes municípios.

“Um dos objetivos do projeto é promover o aumento da renda dos agricultores, por meio da comercialização de produtos orgânicos. Essa oficina foi um espaço de debate de ideias para que possamos construir estratégias de produção de comercialização desses alimentos, além de fortalecer a organização social dos agricultores. Novas etapas do projeto devem ser cumpridas nas próximas semanas”, destacou Duarte.

Texto: Andreia Ferreira/Incaper

Últimas notícias

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...

Expoagro é uma das vitrines para o agronegócio de Mato Grosso

Mato Grosso é destaque internacional quando se trata de agronegócio. E a Capital ...

Colheita de uva é sucesso em Linhares

Ao menos de quatro mil pessoas passaram pelo parreiral de uva do Polo ...

Conheça o vencedor do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido neste ...