Operação Colheita 2021 promete levar mais segurança ao interior do Espírito Santo

Foto: Hélio Filho/Secom

Foi lançada oficialmente, na manhã desta sexta-feira (21), no município de São Gabriel da Palha, a Operação Colheita 2021, que consiste em reforçar o policiamento ostensivo da região rural durante todo o período de colheita de café, cana-de-açúcar, abacaxi e outros cultivos, que ocorrem entre os meses de maio e novembro. Serão empregadas 200 viaturas em todo o Estado, sendo 110 em escala extra. O investimento é de R$ 1.496.277,36 com o pagamento de Indenização Suplementar de Escala Operacional (ISEO).

O objetivo da ação é aumentar a segurança dos produtores rurais durante o período, por conta da migração de pessoas, além da maior circulação de mercadorias e valores nas regiões produtoras do Estado. A Polícia Militar fará o reforço do policiamento buscando maior estreitamento da relação com os moradores do meio rural, bem como intensificar as ações de abordagens a veículos e pessoas e, também, ações conjuntas com outros órgãos, entre eles, a Polícia Civil e a Secretaria da Fazenda (Sefaz).

O governador Renato Casagrande destacou a importância da reestruturação das forças de segurança em todos os cantos do Espírito Santo. “Recebemos hoje muitas reclamações da ocorrência de furtos, roubos e até homicídio no interior do Estado. Com esse reforço no policiamento, estamos dando hoje um passo a mais para atacar esse problema. É muito importante que o agricultor observe e acione imediatamente as forças de segurança”, reforçou.

O presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Espírito Santo (Fetaes), Julio Cezar Mendel, comemorou a iniciativa. “O belo trabalho que a Polícia Militar vem fazendo nas cidades, automaticamente se expande para o meio rural. Esses agricultores que trabalham de sol a chuva, às vezes perdem um ano de trabalho em uma hora, por isso venho parabenizar essa ação”, declarou.

O prefeito de São Gabriel da Palha, Tiago Rocha, falou sobre a parceria do Governo do Estado com os municípios. “Tenho certeza que nosso município terá muitas conquistas com essa parceria. São Gabriel da Palha é grande, mas é grande com a ajuda de todos. Sabemos da importância dessas viaturas e de dar mais segurança aos agricultores. Uma viatura faz muita diferença e traz o respeito ao agricultor”, pontuou.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, falou mais sobre a iniciativa. “Infelizmente temos um déficit de efetivo que não foi reposto pela administração anterior e estamos realizando um concurso público para recolocar. No momento em que apresentamos a proposta da Operação Colheita, o governador assinou imediatamente. Agora, teremos um grande reforço na área rural e esperamos que as comunidades também participem do processo da segurança pública”, disse.

De acordo com o governo estadual, esse reforço do policiamento ostensivo na Operação Colheita não implica em diminuição do efetivo empregado nas áreas urbanas, uma vez que o efetivo empregado é formado por militares em horários de folga, sob empenho dado por Indenização Suplementar de Escala Operacional (ISEO).

Fonte: Governo ES

Últimas notícias

Cooperativas capixabas podem usar Funsaf para modernização da produção agrícola

A economia colaborativa é realidade no Espírito Santo há anos. No mundo agropecuário, ...

Recuperação de nascentes beneficia comunidade rural

Uma parceria firmada entre Emater-MG, prefeitura, Copasa e produtores rurais permitiu a criação ...

Faculdade CNA está com inscrições abertas para o vestibular

A Faculdade CNA está com inscrições abertas até o dia 23 de fevereiro ...

Inscrições para coordenação de pesquisa sobre peixes começam na segunda-feira (24)

As inscrições para a seleção de coordenador de projeto de pesquisa do Instituto ...

Venda Nova do Imigrante é destaque em projeto de qualificação do turismo rural

A rota de Agroturismo em Venda Nova do Imigrante foi validado pelo Ministério ...