Orçamento do Estado para 2024 começa a ser apreciado na Assembleia Legislativa

Foto: Acervo Ales

O projeto foi lido na sessão desta segunda-feira e deve sofrer alterações até a apreciação final em plenário

O Projeto de Lei (PL) 815/2023, de autoria do Poder Executivo, que traz a previsão de receita total de R$ 24,9 bilhões para o próximo ano, foi lido em plenário durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (9). Agora, a matéria passará por uma análise criteriosa da Comissão de Finanças, que tem atribuição legal de analisar o texto e promover as adequações que forem necessárias.

Anúncio

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Santos, a matéria deve alterar valores orçamentários de algumas secretarias de estado, como a de Turismo. Também está sendo estudado aumento no valor das emendas parlamentares para o próximo ano.

Anúncio

“A Assembleia Legislativa trabalha com independência e harmonia com o Poder Executivo, por isso vamos manter o diálogo com o governo do estado para promover as adequações que forem necessárias. Nós já identificamos, por exemplo, uma queda expressiva no orçamento da Secretaria de Turismo, que passou de R$ 34 milhões para R$ 17 milhões no próximo ano. Com a reforma tributária, o turismo é uma pasta essencial para captar recursos para o Estado”, justificou o presidente Marcelo Santos.

Já com relação ao valor das emendas parlamentares, a ideia é aumentar o valor de R$ 1,5 milhão para R$ 2 milhões, tendo em vista a elevação dos preços dos equipamentos para agricultura, por exemplo.

O presidente da Comissão de Finanças, deputado Tyago Hoffmann, afirmou que a peça orçamentária passará a ser apreciada pelos deputados e técnicos do colegiado para identificar de onde os recursos podem ser realocados para corrigir as distorções e as alterações que serão propostas. “Nós agora vamos nos debruçar sobre a matéria, sem comprometer o orçamento, respeitando os limites de gastos impostos pela legislação. Entre os dias 18 e 23 de outubro, nós vamos fazer audiências públicas para a apresentação do orçamento, contemplando todos os municípios capixabas. As demandas que surgirem nas audiências vão nortear as emendas que deverão ser apresentadas ao orçamento para o próximo ano”, justificou o parlamentar.

Na coletiva à imprensa, o presidente Marcelo Santos também falou sobre o concurso público que será aberto na Assembleia Legislativa. “Nós concluímos o Programa de Aposentadoria Incentivada e agora nossos técnicos estão identificando as necessidades da Assembleia para realizarmos o concurso. Inicialmente, serão oferecidas 27 vagas, mas os cargos e salários ainda não estão definidos. Nossa meta é lançar o edital do concurso ainda este ano”, antecipou o presidente.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Praga inexistente no Brasil é identificada em fruta que vinha dos Estados Unidos

Uma carga com 576 quilos de pêssegos importados dos Estados Unidos foi barrada ...

Salmonella gera impacto na avicultura e preocupa produtores

Foto: Envato O impacto das salmoneloses assusta os produtores pela sua contaminação. A ...

Produção industrial cresce 6,2% no Espírito Santo

Foto: Freepik Os resultados positivos da indústria capixaba continuam impulsionando a economia do ...

Mato Grosso recebe roadshow para comunicadores do agro

Cada vez mais a realização de roadshows tê sido uma iniciativa marcante no ...

Cooperativismo marca presença na estreia do programa Negócio Rural

Novo formato é apresentado pelo jornalista Bruno Faustino, que irá contar histórias do ...