Perspectivas do mercado de grãos no Espírito Santo serão debatidas na próxima semana

Iniciando o calendário de capacitações e qualificações para seus parceiros e associados em 2021, a Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (Aves) e a Associação de suinocultores do Espírito Santo (Ases), promoverão, na próxima segunda-feira (19), a partir das 18 horas, mais um debate sobre grãos e insumos, com a realização do webinar “Grãos: informações sobre a produção e as perspectivas do mercado”.

Sucesso com as duas edições realizadas em 2020, o evento que contará com o apoio da Corretora Nacional de Mercadorias (CNM), terá como palestrantes o sócio-proprietário do Grupo Safras Armazéns Gerais e Safras Biocombustíveis, Pedro de Moraes Filho, e o sócio-proprietário do Grupo Campofert Comércio, Indústria, Exportação e Importação, Manoel da Cruz Neto.

Aberto ao público em geral, o webinar terá transmissão ao vivo através do canal da AVES e ASES no Youtube e oferecerá aos participantes a oportunidade de conhecer mais sobre os mercados de grãos nas regiões do Meio-Norte e no Vale do Araguaia, ambos no Mato Grosso, além do Triângulo Mineiro e Norte do Estado de São Paulo. A transmissão do evento poderá ser acessada clicando aqui.

Fonte: Aves e Ases

Últimas notícias

Menor oferta mundial de café impulsiona valores futuros

Os contratos futuros do café arábica tiveram desempenho positivo nesta semana, voltando a ...

Doze municípios do Espírito Santo passam para risco baixo de contaminação da Covid-19

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (07), o 54º Mapa de Risco ...

Seminário discute déficit de armazenagem para grãos e aponta soluções emergenciais

A constatação da necessidade de aumentar o espaço para armazenar grãos nas principais ...

Conquistas no campo são alcançadas com o auxílio da Contribuição Sindical Rural

A Contribuição Sindical Rural (CSR) fortalece a categoria rural, e, é através dela ...

Ceasa-ES inicia coleta de culturas de produtos do mercado para análise

Ação vem sendo realizada em parceria com o MPES e a Vigilância Sanitária ...