Preço do leite ao produtor sobe, mas custos de produção reduzem margens

O preço do leite recebido pelo produtor manteve a tendência de alta no mês de agosto. Na média, houve um ganho de 34,6%, quando comparado com o mesmo período no ano passado, e de 5,2% em relação a julho deste ano. A análise é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de acordo com os dados divulgados sobre o mercado do leite e seus derivados.

Os elevados preços pagos dos grãos, no entanto, bem como a desvalorização do real, têm tido forte impacto nos custos de produção, estreitando as margens de lucro tanto do produtor quanto da indústria.

Continua após o anúncio

Já os preços do leite UHT apresentaram comportamento de queda em nível de atacado, enquanto que, em nível de varejo, manifestou pequena alta, sobretudo em pesquisas no estado de São Paulo.

No caso do leite spot, as cotações em agosto mantiveram-se equivalentes às do mês de julho, o que sinaliza uma certa estabilidade no mercado. O aumento sazonal da produção, mesmo lento, devido às adversidades climáticas, tem favorecido esse cenário. 

Fonte: Conab

Últimas notícias

Avião caracterizado de abelha decola em homenagem aos maiores polinizadores do planeta

Piloto de aviões agrícolas há mais de 40 anos, José Paulo Garcia fez ...

Cobra aparece em pátio de prefeitura e é capturada pela Polícia Ambiental

Policiais do Batalhão de Policia Ambiental (BPMA), em Afonso Cláudio, foram acionados para ...

Até quando vai o frio?

De acordo com a Climatempo, a posição da massa de ar polar ainda ...

Exportações do agronegócio em abril alcançam recorde para o mês

As exportações do agronegócio brasileiro em abril totalizaram US$ 14,86 bilhões, valor recorde ...

Crimes ambientais são flagrados e embargados em Marechal Floriano

Uma nova fase da “Operação Curupira”, que visa coibir crimes ambientais no Espírito ...