Premiação de cafés revela diversidade sensorial dos grãos de Venda Nova do Imigrante

Venda Nova do Imigrante, nas montanhas do Espírito Santo, revelou ontem (30) os ganhadores da 4ª edição da Premiação e Leilão de Cafés Tardios de Qualidade – Safra 2023/2024. A cerimônia, promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura, foi realizada no auditório do Senac VNI, em evento aberto ao público com a presença dos 15 finalistas, além de autoridades políticas do município e do Estado.

Com cafés com notas acima de 85 pontos, os produtores vendanovenses foram os protagonistas da noite. O destaque foi Gilcimar Filete, morador do Alto Providência, campeão entre os dez primeiros colocados (88,06 pontos) e também do prêmio bônus ao Melhor Cereja Descascado. “Muito satisfeito com o prêmio. Em 2024, vamos tentar melhorar ainda mais”, declarou Filete, que embolsou R$ 9 mil de premiação em dinheiro.

A segunda colocação ficou com José Henrique Salina Filete (87,46), da mesma localidade, e a terceira com Mário José Zardo (86,71), do Alto Caxixe. Outro prêmio bônus foi concedido ao produtor João Bosco Lorenção, do Alto Tapera, com o Melhor Café Natural. Não houve o leilão nesta edição, e a negociação dos cafés vencedores foi diretamente junto a compradores da região.

O secretário municipal de Agricultura, Ivanildo Almeida, destacou que este ano foi aumentado o valor da premiação (um total de R$ 30 mil) e o número de cafeicultores contemplados (até ano passado o prêmio era concedido somente do primeiro ao quinto colocado). “Este ano também fizemos um evento aberto à comunidade, visando incentivar outros cafeicultores a participarem no próximo ano”, disse.

Excelência em sabores

A premiação revelou a diversidade dos cafés arábica produzidos no município. A presença marcante de elementos como mel, melaço, chocolate, frutas cristalizadas, e a harmoniosa combinação de acidez e doçura revelam a excelência e a complexidade desses cafés, evidenciando o cuidado e a expertise dos produtores que elevam a cafeicultura a um patamar extraordinário.

As provas (cupping) foram realizadas na última quarta-feira (29), no Centro de Cafés Especiais do Espírito Santo (Cecafes), na Fazenda Experimental do Incaper, em Viçosinha, com a participação de degustadores do Incaper e parceiros.

Fonte: PMVNI

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Agricultores de Ecoporanga se regularizam para venda direta de produtos orgânicos

Um grupo de agricultores familiares do município de Ecoporanga foi contemplado com a ...

Capacitação para operação de secagem e armazenamento de grãos preza pela segurança dos trabalhadores no Oeste baiano

No Oeste da Bahia, região essencialmente agrícola, a crescente necessidade de instalação de ...

Exportação de gengibre mais que dobra em janeiro de 2024

O valor exportado com o gengibre capixaba no primeiro mês deste ano foi ...

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...

Últimos dias para inscrição de trabalhos científicos acadêmicos na Favesu 2024

Estudantes de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores nas áreas de frango de corte, ...