Primeira colheita de uva em Linhares será em dezembro

Os primeiros cachos de uva do plantio do Programa Municipal de Fruticultura já começaram a aparecer e os produtores estão animados e planejam a primeira colheita da fruta para dezembro no município de Linhares, no Norte do Espírito Santo. A expectativa é chegar ao terceiro ano de produção colhendo 18 toneladas de uva no Polo Alto São Rafael, que conta com um plantio de mil mudas distribuídas entre os três produtores participantes do programa.

O secretário Municipal de Agricultura, Franco Fiorot, explicou que o plantio tem seis meses e que esses cachos são da primeira floração da uva, que resultou numa safra bem pequena, como acontece em todo parreiral, mas mostra que o plantio está em pleno desenvolvimento.

“Os parreirais estão em pleno desenvolvimento e a saída dos primeiros cachos mostra que toda a dedicação a essa nova cultura no município vem gerando novas oportunidades para os produtores. Inclusive, é por meio desses resultados que mais produtores têm mostrado o interesse em ingressar na cultura. Agora, no meio do ano, será feita a poda no parreiral para potencializar a carga da safra prevista para dezembro”, disse o secretário.

Giovani Rigoni, um dos produtores de uva de São Judas, em Alto São Rafael, já está pensando até em fazer um novo plantio da fruta numa área que é destinada hoje ao café. “A formação da lavoura saiu melhor que imaginava e eu não tinha experiência alguma com a uva. Fico encantado quando olho para o meu parreiral. Eu já tive pequenos parreirais, mas não tinha noção de plantio e de poda, por exemplo, agora, com o acompanhamento da prefeitura e de parceiros, é outra realidade e minha intenção é plantar mais”, disse o produtor.

A Secretaria Municipal de Agricultura de Linhares vem desenvolvendo uma série de capacitações técnicas para a qualificação dos produtores, antes mesmo de iniciar o plantio. Os produtores fizeram duas visitas técnicas na região de Santa Teresa para conhecer as tecnologias de implantação de parreirais e como é realizado o plantio e as variedades que podem ser cultivadas no nosso município.

Além disso, participaram de um Dia de Campo sobre a Cultura da Uva em São Judas, que contou a presença de produtores da região. Na oportunidade, o senhor Zósimo Olício Carlini, produtor de uvas e vinhos há 16 anos em Tabócas, em Santa Teresa, participou de um bate-papo sobre produção da fruta. O Polo também conta com o apoio do especialista na área de fruticultura, Erli Ropke.

PROGRAMA DE FRUTICULTURA – O Programa Municipal de Fruticultura é dividido em cinco polos: Polo Distrito Farias, com cultivo de cajá manga anão; Polo Alto São Rafael (região de São Judas), com a uva; Polo Baixo São Rafael (localidades Córrego Dr. Jones, Humaitá e Bagueira), com o plantio de goiaba; Polo BR 101 Sul (distritos de Rio Quartel e Desengano), com o limão; e no Polo Litoral (Pontal do Ipiranga, Regência, Povoação e Bebedouro), com o açaí.

Fonte: Prefeitura de Linhares

Últimas notícias

Incaper lança sistema eletrônico de avaliação de sustentabilidade da cafeicultura

Foto: Divulgação Incaper A sustentabilidade na cafeicultura é um dos ideais que norteiam ...

Inscrições para coordenação de pesquisa sobre peixes começam na segunda-feira (24)

As inscrições para a seleção de coordenador de projeto de pesquisa do Instituto ...

Venda Nova do Imigrante é destaque em projeto de qualificação do turismo rural

A rota de Agroturismo em Venda Nova do Imigrante foi validado pelo Ministério ...

Café: números da exportação demonstram a força da produção

Com a recente divulgação dos dados de exportação do café brasileiro fica claro ...

Batata apresenta queda de preços enquanto cebola sobe nas Centrais de Abastecimento

Um dos tubérculos mais utilizados na culinária brasileira, a batata apresentou oferta recorde ...