Produtores de ovinos devem redobrar cuidados com cordeiros durante frio

Foto: Juliana Sussai

A estação mais fria do ano merece atenção redobrada dos criadores de ovinos. As baixas temperaturas aumentam o risco de morte dos recém-nascidos. No entanto, o manejo adequado contribui para reduzir as perdas de cordeiros. O veterinário Eduardo de Oliveira, da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos – SP), orienta os produtores a planejarem a estação de parição das ovelhas para que não ocorra durante o inverno.

Mas, caso isso não seja possível, é necessário providenciar locais com barreiras contra o vento e o frio. Segundo ele, é preciso ter instalações adequadas para que, principalmente, o vento noturno não atinja os animais. A oscilação da temperatura no decorrer do dia e da noite é um problema para os cordeiros e pode ocasionar graves doenças respiratórias, como pneumonia e broncopneumonia. Oliveira conta, ainda, que o acúmulo de fezes nos currais também favorece à oscilação de temperatura dos ovinos, podendo causar enfermidades.

No entanto, os manejos não se resumem apenas a práticas relacionadas a baixas temperaturas. Alguns cuidados são essenciais e devem começar no final da gestação da ovelha, como a nutrição adequada, por exemplo. Assim que o cordeiro nasce, ele precisa mamar o colostro logo nas primeiras seis horas de vida. Para o veterinário Raul Mascarenhas, também da Embrapa Pecuária Sudeste, o colostro é fundamental para o bom desenvolvimento do animal. Além disso, o filhote não recebe imunidade através da placenta e sim pelo colostro. Em caso de partos múltiplos, os criadores devem assegurar que todas as crias tenham acesso ao colostro e, dessa forma, receberem os anticorpos.

Outro procedimento logo após o nascimento é a pesagem e a identificação. “Assim que o animal nasce, na Embrapa Pecuária Sudeste, mães e filhotes são levados ao curral de manejo para receberem a identificação com brincos e chips”, explica Mascarenhas. Além disso, são realizadas a pesagem dos animais, a cura do umbigo do cordeiro e a vermifugação da mãe. Após os cuidados iniciais, os cordeiros acompanham as mães no pasto.

A chegada do frio pode ser mais desafio para os produtores de ovinos, mas cuidados básicos e atenção especial aos cordeiros podem evitar perdas de animais e prejuízos na atividade.

Fonte: Embrapa

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...