Produtores rurais de Castelo aderem ao programa Reflorestar

Foto: Pixabay

Produtores rurais do município de Castelo participaram, no último domingo (26), da assinatura simbólica de contratos do Programa Reflorestar. A ação fez parte de um evento em alusão ao Dia Mundial da Água, na região de Forno Grande, também em Castelo. O Programa é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente e de Recursos Hídricos (Seama) e tem o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) como agente técnico e financeiro.

Anúncio

Realizada pela consultoria MV Gestão Integrada, a ação aconteceu na pousada Kanto do Rio, que é atendida pelas ações do Programa Reflorestar. Com o plantio de mudas em uma área de nascente, o evento reuniu produtores e lideranças locais para fortalecer o movimento de adesões e registrar a data como uma ação concreta de preservação.

Anúncio

O gerente de Fundos e Programa do Bandes, Patrick Gomes Silva, reforçou que o Bandes, compromissado com o desenvolvimento econômico e sustentável do Espírito Santo, tem uma atuação alinhada e pautada nos objetivos mundiais de proteção ao meio ambiente, e comprometendo-se com resultados socioambientais voltados para a qualidade de vida dos capixabas de todas as gerações.

“O Reflorestar ajuda produtores rurais capixabas, principalmente no entendimento de que é possível unir conservação e geração de renda. Com o programa, estabelecemos o conceito de plantio de água, pois ao plantar floresta, reduzimos os processos erosivos, aumentamos a capacidade de infiltração da água no solo e adequamos a propriedade à legislação ambiental, além de gerarmos renda para o produtor. É, portanto, um modelo de gestão sustentável, eficiente e extremamente responsável”, frisou.

Desenvolvimento econômico e sustentável em foco

Um dos objetivos do Bandes é atuar com produtos e serviços que reforçam o compromisso com as ações de responsabilidade social, ambiental e climática, evidenciadas no Planejamento Estratégico 2023-2027. Por isso, o banco do desenvolvimento capixaba vem se atualizando nos temas de importância para um futuro mais próspero para as atuais e futuras gerações, como as discussões em torno da emissão de títulos sustentáveis, ESG, sustentabilidade e inclusão financeira de gênero.

O Programa Reflorestar, um projeto pioneiro na preservação e na conservação dos recursos hídricos, alinha as pautas de desenvolvimento econômico com a sustentabilidade ambiental, atuando no reflorestamento e preservação de florestas e nascentes capixabas e gerando oportunidades de crescimento e renda para os produtores rurais.

Recentemente, o Reflorestar abriu um novo edital para credenciamento de empresas que serão capacitadas para elaborar, acompanhar e dar assistência técnica aos beneficiários do Programa. O edital aberto tem data limite até o dia 28 de abril e as empresas candidatas devem apresentar em seus quadros técnicos profissionais das áreas de Ciências Agrárias com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

As empresas interessadas em se credenciar para o monitoramento do Programa Reflorestar devem preencher, exclusivamente, o Pedido de Credenciamento presente no site do Bandes, anexando todos os documentos de habilitação necessários. O Requerimento de Credenciamento manifestando interesse na prestação de serviços de consultor do Reflorestar deve também ser preenchido diretamente pelo site do Bandes.

Fonte: Bandes

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Nater Coop anuncia investimento de 8 milhões em novas estruturas de armazém de café no ES

Foto: Divulgação O volume de movimentação chegará a aproximadamente 75 mil sacas por ...

Agronegócio bate recorde de exportações em abril, com US$ 15,24 bilhões

O resultado correspondeu a 49,3% das exportações totais do Brasil Com valor recorde, ...

Sicoob inova experiência com cashback no Super App 

O Sicoob lançou a nova funcionalidade de cashback no Super App. Através do ...

Exportação de café em abril rende a maior receita da história registrada em um mês

Foto: Julio Huber O Brasil exportou 4,222 milhões de sacas de 60 kg ...

Socol pode se tornar patrimônio cultural no Espírito Santo

Foto: Gabriel Lordelo/Divulgação O socol, produto embutido exclusivo de Venda Nova do Imigrante, ...