Programa federal vai distribuir cestas básicas a famílias necessitadas

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participou nesta terça-feira (1º) do lançamento do movimento Agro Fraterno, em Luziânia (GO). A iniciativa, que vai levar alimentos às famílias carentes em todo o país afetadas pela pandemia da Covid-19, já arrecadou inicialmente cinco mil cestas básicas. Segundo a ministra, a meta é passar de um milhão de cestas distribuídas, mas ela acredita que esse objetivo será superado.

“Este será o maior programa de distribuição de cestas no Brasil. Sou ambiciosa, vamos buscar dois milhões de cestas”, disse. O Agro Fraterno é um movimento liderado pelo Sistema CNA/Senar, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e as entidades do Instituto Pensar Agro (IPA), com articulação dos ministérios da Agricultura e da Cidadania. 

A ministra lembrou que o agronegócio não parou com a pandemia e tem trazido para o Brasil resultados excelentes, colhendo safras recordes e, com isso, pode contribuir com o social. “Cada um colaborando vamos diminuir o sofrimento dessas pessoas que passam fome em um país tão rico como o nosso, que é o celeiro do mundo. É o campo gerando emprego e renda, mas também ajudando a população das cidades neste momento tão difícil por que passa todo o nosso país”, declarou.

O programa é voltado para a participação voluntária de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor. As doações são livres e podem ser feitas com cestas de alimentos, com recursos ou com alimentos, de acordo com a opção dos doadores. O material arrecadado é distribuído de acordo com a demanda de cada município.

Também participaram do evento o Ministro da Cidadania, João Roma, a primeira-dama de Goiás, Gracinha Caiado, o prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto, o presidente da CNA, João Martins, o deputado federal José Mário Schreiner, representando a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), e o presidente da Conab, Guilherme Ribeiro.

Fonte: Ministério da Agricultura

Últimas notícias

Cooperativas capixabas podem usar Funsaf para modernização da produção agrícola

A economia colaborativa é realidade no Espírito Santo há anos. No mundo agropecuário, ...

Recuperação de nascentes beneficia comunidade rural

Uma parceria firmada entre Emater-MG, prefeitura, Copasa e produtores rurais permitiu a criação ...

Faculdade CNA está com inscrições abertas para o vestibular

A Faculdade CNA está com inscrições abertas até o dia 23 de fevereiro ...

Inscrições para coordenação de pesquisa sobre peixes começam na segunda-feira (24)

As inscrições para a seleção de coordenador de projeto de pesquisa do Instituto ...

Venda Nova do Imigrante é destaque em projeto de qualificação do turismo rural

A rota de Agroturismo em Venda Nova do Imigrante foi validado pelo Ministério ...