Projeto Colmeia Viva integra a agricultura com apicultura

Promover o uso correto de defensivos agrícolas para a produção sustentável de alimentos, aliado à proteção das abelhas. Esse é um dos pilares do Programa Colmeia Viva, do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), que é apoiador do conjunto de ações do projeto “Citricultura Sustentável”.

O projeto é iniciativa do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), que visa a produção responsável de alimentos, equilibrando segurança alimentar e preservação ambiental nas regiões produtoras de citros. “Nossas ações dialogam com os princípios da citricultura sustentável, já que os pomares são beneficiados pela polinização das abelhas”, destaca Daniel Espanholeto, especialista em uso correto e seguro do Sindiveg e coordenador do Colmeia Viva.

Para o presidente do Fundecitrus, Lourival Carmo Monaco, a sustentabilidade é uma prática consolidada pelo setor citrícola, tanto pela conscientização sobre o tema quanto pelas exigências legais brasileiras e do mercado internacional. “O projeto ‘Citricultura Sustentável’ difunde as boas práticas agrícolas já adotadas e apoia pequenos e médios produtores”, diz Monaco.

Entre as primeiras ações do projeto “Citricultura Sustentável”, está uma série documental. Com o título “Água”, o conteúdo é dividido em cinco episódios. De acordo com o Fundecitrus, por meio de fontes respeitadas no universo científico e de histórias de pequenos e médios citricultores, o documentário trata da importância estratégica e econômica da água para a viabilidade da vida. Detalhes do projeto podem ser conhecidos no site: www.fundecitrus.com.br/citriculturasustentavel.

COLMEIA VIVA – O Colmeia Viva foi integrado ao Sindiveg em 2021 e passou a ter o apoio das 26 empresas associadas à entidade, que representam 40% do mercado de defensivos agrícolas do Brasil. O programa nasceu da consciência em construir uma relação mais produtiva entre a apicultura e a agricultura, que depende da utilização de insumos para a proteção das plantações contra pragas e doenças

“O Colmeia Viva está empenhado em colaborar com a criação de mecanismos de regulamentação à proteção e segurança do meio ambiente e das abelhas. Essas ações contribuem para o desenvolvimento sustentável da agricultura e da apicultura”, ressalta Espanholeto. “Por meio da parceria com o Fundecitrus, disseminaremos ainda mais esses ideais tão importantes para o mundo mais responsável”.

Entre as principais ações desenvolvidas, o Colmeia Viva mantém um canal de atendimento (0800-771-8000) para esclarecer dúvidas e receber sugestões e comentários, além de ter um aplicativo que facilita a comunicação entre os diversos segmentos envolvidos e oferece treinamento on-line e com certificado, disponível em: https://aulaead.colmeiaviva.com.br. Todos os serviços são gratuitos.

Fonte: Texto Comunicação Corporativa

Últimas notícias

Menor oferta mundial de café impulsiona valores futuros

Os contratos futuros do café arábica tiveram desempenho positivo nesta semana, voltando a ...

Doze municípios do Espírito Santo passam para risco baixo de contaminação da Covid-19

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (07), o 54º Mapa de Risco ...

Seminário discute déficit de armazenagem para grãos e aponta soluções emergenciais

A constatação da necessidade de aumentar o espaço para armazenar grãos nas principais ...

Conquistas no campo são alcançadas com o auxílio da Contribuição Sindical Rural

A Contribuição Sindical Rural (CSR) fortalece a categoria rural, e, é através dela ...

Ceasa-ES inicia coleta de culturas de produtos do mercado para análise

Ação vem sendo realizada em parceria com o MPES e a Vigilância Sanitária ...