Projetos devem impulsionar o turismo em nove municípios das montanhas do Espírito Santo

Foto: Julio Huber

A Casa do Turista é a sede do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau

Julio Huber

Referência quando se fala em turismo no Espírito Santo, a região de montanhas do Estado deve ficar cada vez mais em evidência nos próximos anos, com a execução de dezenas de ações que estão sendo preparadas pelas prefeituras dos nove municípios que compõem a região turística Montanhas Capixabas. Sinalização turística, capacitações, criação de novos circuitos, investimentos em infraestrutura e embelezamento de cidades são alguns dos exemplos.

Além dos projetos municipais, o Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, que é a instância de governança turística local, também apoia todas as iniciativas de melhoria na infraestrutura dos municípios, de acordo com as prioridades de cada cidade.

A entidade também promove projetos envolvendo toda a região e projeta realizar parcerias públicas e privadas para investir no setor, como em trabalhos de divulgação dos municípios e o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Turismo que compõem a região. Apesar de boas perspectivas para o setor, os gestores de turismo são unânimes em afirmar que a pandemia da Covid-19 continua sendo o principal desafio para 2021.

Em Venda Nova do Imigrante, a secretária de Turismo, Cultura e Artesanato, Carla Caliman Terra, contou que o site (www.descubravendanova.es.gov.br) está sendo reformulado e há um trabalho intensificado para divulgar o município pela internet. Além de treinamentos ofertados aos empresários do setor, os acessos às propriedades do agroturismo estão recebendo constantes melhorias. Eventos ligados ao agroturismo estão sendo planejados, mas a execução depende da redução dos casos de Covid-19.

A secretária de Cultura e Turismo de Afonso Cláudio, Fabiana Binow, contou que o foco da atual administração é o turismo. “No primeiro momento estamos trabalhado as mídias sociais para divulgar e promover os atrativos turísticos”, contou. Ela ainda afirmou que haverá um empenho em buscar recursos para investir em infraestrutura e a expectativa é a retomada de importantes eventos municipais. O fortalecimento do Conselho Municipal de Turismo e a sensibilização e o envolvimento do empresariado também estão entre as metas.

Em Domingos Martins, a secretária interina de Cultura e Turismo, Dulciele Stein Suela, contou que será realizada uma campanha de marketing para conscientizar a população martinense sobre a importância da atividade turística, e ela disse que estão sendo realizadas pesquisas de fluxo turístico para entender o comportamento dos visitantes. O objetivo é melhorar a relação da comunidade com os turistas. Também serão realizados eventos em parceria com a iniciativa privada, já que em 2020 quase todos os eventos foram cancelados. “Nosso maior desafio é fomentar o turismo seguro, tendo em vista que a vacina ainda não está disponível para todos”, enfatizou.

Em Brejetuba, a secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Adaugiza Badaró Cremasco, afirmou que o turismo será totalmente reformulado. Um dos projetos é a construção de um portal turístico. “Os planos são muitos, mas aguardamos a diminuição da pandemia. No momento estamos organizando a volta da banda municipal de Brejetuba”, relatou.

O secretário de Administração Cultura e Turismo de Conceição do Castelo, Marcel dos Anjos Oliveira, revelou que já está em planejamento o desenvolvimento do Parque do Emboque e a intenção é incentivar o turismo religioso e melhorar a estrutura física das cachoeiras. Também serão recuperados os casarões antigos que faz parte o acervo cultural e incentivar o projeto cama e café, com objetivo de reforçar o setor hoteleiro.

Conhecido com o tradicional evento de Corpus Christi – que deverá ser reformulado -, em Castelo o turismo religioso será incentivado, juntamente com o agroturismo, esportes de aventura e turismo gastronômico. A afirmação é do secretário municipal de Turismo e Cultura, Giani Marcio Coradini. “Temos um plano muito audacioso, que é fazer com que os turistgas, inclusive a própria população, conheçam Castelo de uma forma nunca antes vista”, garantiu. E para isso, também serão desenvolvidas rotas turísticas, feitas melhorias dos acessos aos inúmeros atrativos do município, implantada sinalização turística e divulgado o setor em mídias sociais. 

Em Marechal Floriano, a secretária de Cultura e Turismo, Maria Goretti Pereira Pinto, informou que o objetivo principal é a retomada dos trabalhos do Conselho Municipal de

Cultura e do Conselho Municipal de Turismo, para que as ações previstas para os próximos anos possam ser executadas. Também estão sendo previstas a publicação de um documentário histórico, a confecção de um folder promocional, realização e apoio a eventos, reforço na sinalização turística, entre inúmeras outras ações que estão sendo planejadas para os próximos quatro anos.

Em Laranja da Terra, o secretário de Cultura, Turismo e Esporte, Rodrigo Crauzer, tem como meta reintegrar o município ao mapa turístico nacional. Outro trabalho da Secretaria é desenvolver o turismo rural no município. “Estamos buscando parcerias para capacitar as pessoas ligadas ao setor, e vamos implantar a sinalização turística em todo o município. Também vamos embelezar com flores alguns pontos importantes da cidade, e iremos reestruturar o acesso à Pedra dos Cinco Pontões”, informou o secretário.

O secretário de Cultura, Turismo e Esporte de Vargem Alta, Elias Abreu de Oliveira, o Maninho, enfatizou que o trabalho será voltado à estrutura do município. Ele citou como exemplo a Cachoeira do Caiado, que está tendo um grande fluxo turístico e receberá uma atenção especial, assim como outras cachoeiras. O turismo de observação de aves e o Circuito Turístico da Uva e do Café também serão desenvolvidos. “Queremos criar outros circuitos como o das águas, o religioso e o do mármore. Já vamos iniciar projetos de paisagismo e deixar o município preparado para receber os visitantes”, afirmou.

Últimas notícias

Morre um dos mais importantes touros da raça Gir Leiteiro

Dragão TE morreu no dia 1º de março e deixa importante legado para ...

Publicação do Incaper tem alto número de acessos em plataforma científica internacional

O livro “Guia de Interpretação de análise de solo e foliar” do Instituto ...

Mais de 700 licenças de pescadores são suspensas em 11 estados e no DF

Os registros foram suspensos em razão de inconsistências e indícios de irregularidades. A ...

Febre aftosa: 2ª etapa da campanha de vacinação alcança mais de 98% do rebanho nacional

Cerca de 76 milhões de bovinos e bubalinos com até 2 anos de ...

Projeto do Incaper desenvolve aplicativo de venda direta para a agricultura familiar

A primeira reunião para a identificação de estabelecimentos e produtores foi realizada na ...