Próxima semana será a mais fria do ano e poderá nevar em partes do Brasil

Foto: Mycchel Legnaghi – São Joaquim Online

Na primeira semana de maio, uma forte massa de ar polar avança pelo Brasil provocando forte queda de temperatura. De acordo com o Climatempo, esse será o sistema mais intenso do ano até agora.

As últimas rodadas dos modelos de previsão do tempo indicam frio intenso no Sul, onde a temperatura começa a baixar no dia 4 de maio – terça-feira da semana que vem. Com a chegada da massa de ar polar, o frio aumenta pra valer a partir da tarde do dia 5, com madrugadas mais geladas a partir do dia 6 de maio (quinta-feira).

O ar frio polar vai avançar também sobre o Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, com forte queda de temperatura a partir dia 6 de maio. Os modelos meteorológicos estão indicando queda de temperatura também no Norte do Brasil a partir do dia 6, com resfriamento em Rondônia, no Acre e no sul do Amazonas. Se esse resfriamento se confirmar, será a primeira friagem do ano na região.

No dia 7 de maio a previsão ainda indica temperaturas baixas e frio intenso. A tendência é de que a partir do dia 8 de maio, a massa de ar polar comece a perder força, possibilitando aos poucos a elevação da temperatura, com diminuição do frio.

NEVE – Entre a noite de quarta (5) e manhã de quinta-feira (6), com a expectativa de muito frio e elevada umidade do ar, há a possibilidade de ocorrência de neve nas serras Gaúcha e Catarinense.

GEADA – Com a presença do ar polar de forte intensidade provocando frio intenso, é alto o risco de geada especialmente entre os dias 6 e 7 de maio. A previsão até agora é de geada por todo o interior do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e em quase todo o Paraná, com exceção do norte do Estado.

A previsão é de que o ar frio avance também pelo Centro-Oeste do Brasil, com expectativa de frio intenso, com risco baixo a moderado de ocorrência de geada em Mato Grosso do Sul.

Nos próximos dias o Climatempo vai acompanhar esta tendência de frio intenso no centro-sul do Brasil na próxima semana. Normalmente, o indicativo dos modelos meteorológicos é de alta confiabilidade, ou seja, é certo que haverá forte queda de temperatura no decorrer da semana que vem.

“Quanto à chance de ocorrência de neve e geada generalizada, vamos monitorar durante a semana sempre mantendo nossos usuários bem informados”, destacam os especialistas do Climatempo.

Fonte: Climatempo

Últimas notícias

Doze municípios do Espírito Santo passam para risco baixo de contaminação da Covid-19

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (07), o 54º Mapa de Risco ...

Seminário discute déficit de armazenagem para grãos e aponta soluções emergenciais

A constatação da necessidade de aumentar o espaço para armazenar grãos nas principais ...

Conquistas no campo são alcançadas com o auxílio da Contribuição Sindical Rural

A Contribuição Sindical Rural (CSR) fortalece a categoria rural, e, é através dela ...

Ceasa-ES inicia coleta de culturas de produtos do mercado para análise

Ação vem sendo realizada em parceria com o MPES e a Vigilância Sanitária ...

Moacir Krambeck é eleito presidente da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito

Moacir Krambeck, ex-presidente da Viacredi e atual presidente do Conselho de Administração da ...