Publicado edital de chamamento público para realização de estudos para a concessão do Terminal Pesqueiro de Vitória

Iniciativa faz parte do Programa de Parcerias e Investimentos visando a modernização da operação e gestão dos terminais

A Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com o apoio da Secretaria Especial do Programa de Parceria de Investimentos, do Ministério da Economia, publicou edital de Chamamento Público para a realização de estudos para concessão de Terminais Pesqueiros Públicos (TPPs) localizados em Aracaju (SE), Belém (PA), Cananéia (SP), Manaus (AM), Natal (RN), Santos (SP) e Vitória (ES).

Os projetos devem incluir estudos de mercado, engenharia e afins, ambientais e avaliação econômico-financeira. Os interessados podem protocolar requerimento de autorização junto à SAP/Mapa em até 30 dias.

O formato escolhido para realização do estudo é um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) exclusivo e a autorização será conferida com exclusividade a um único interessado. Após a publicação do termo de autorização, o interessado selecionado terá prazo de 60 dias para apresentar os estudos, prazo que poderá ser prorrogado pelo Mapa.

A concessão dos Terminais Pesqueiros Públicos está prevista para o 3º trimestre de 2021.Maiores informações sobre o edital podem ser obtidas na Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) pelo endereço eletrônico [email protected]

Confira aqui o edital completo

A concessão faz parte do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) do Governo Federal. As contribuições deverão envolver propostas para a revitalização, modernização, operação e gestão do terminal.

Em julho, o governo federal qualificou cinco terminais pesqueiros públicos no PPI: Natal, Aracaju, Vitória, Santos (SP) e Cananeia (SP).

Os Terminais Pesqueiros Públicos são as estruturas físicas necessárias para as atividades de movimentação e armazenagem de pescado, entreposto de comercialização, beneficiamento e apoio à navegação de embarcações. A área do TPP pode compreender instalações como ancoradouros, docas, cais, pontes e píeres de acostagem, terrenos, armazéns frigorificados, edificações e infraestrutura de proteção e acesso aquaviário. 

Fonte: Mapa

Últimas notícias

Senar lança cursos gratuitos de drones e inseminação artificial. Inscreva-se!

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou três cursos de curta duração, ...

Especialistas do Brasil e exterior debatem mercado halal

O fórum de negócios Global Halal Brazil ocorre na próxima semana e terá ...

Estados Unidos mudam regras para ingresso de cães procedentes do Brasil

Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, ...

Entidades afirmam que caso das búfalas de Brotas foge à regra dos produtores

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) publicou ...

Cadeia produtiva do leite é destaque em novo Boletim da Agricultura Familiar da Conab

Já está disponível, no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a publicação ...