Rodovia que corta Domingos Martins, Santa Leopoldina e Santa Maria de Jetibá é estadualizada

Uma rodovia que corta três municípios da Região Serrana do Espírito Santo foi estadualizada. O trecho de 16,7 quilômetros da ES-465, entre Domingos Martins e Santa Maria de Jetibá, passado por Santa Leopoldina, passará a ser de responsabilidade do governo do Estado.

Aprovado nesta semana, o Projeto de Lei 215/2023, de autoria do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES), Marcelo Santos, visa a inclusão do trecho no Plano Rodoviário Estadual. Além de facilitar a escoação de alimentos, a rodovia também é usada para o transporte escolar, inclusive para estudantes do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), que fica na localidade de Caramuru. 

“Os municípios atendidos pela rodovia carecem de recursos financeiros para manter adequadamente essa via tão importante para os agricultores e para o turismo da região. A inclusão do trecho na malha rodoviária estadual permitirá o acesso a recursos e ações de manutenção, o que garantirá a segurança viária e o desenvolvimento contínuo da região”, afirmou o deputado Marcelo Santos, que comemorou a aprovação da matéria.

A proposta para a estadualização deste trecho surgiu após o deputado Marcelo Santos ser convidado para uma reunião pelo vereador Jeferson Rodrigues, o Jefinho, de Santa Leopoldina. Esse trecho em questão concentra a maior produção de gengibre do Brasil, abrangendo os municípios de Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá e Domingos Martins.

“Os produtores de gengibre desses municípios têm dificuldades em escoar a produção por conta das precárias condições da estrada. O fluxo diário de veículos de diferentes portes, especialmente para transporte de produtos agrícolas e atividades de turismo rural, evidencia a necessidade urgente de assistência e investimento nesse trecho. Hoje o Espírito Santo é o maior exportador de gengibre do país e precisamos dar um jeito nesse gargalo”, justificou na época o vereador.

Jefinho comemorou a aprovação do projeto que, segundo ele, é fundamental para aprimorar a infraestrutura e o desenvolvimento regional. A região é um ponto crucial não apenas pela produção agrícola, mas também pelo turismo, com destaque para as regiões turísticas das Montanhas Capixabas e dos Imigrantes, além do Circuito Turístico das Três Santas. O projeto do deputado Marcelo Santos, depois de aprovado em plenário, seguiu para sanção do governo do Estado.

Fonte: ALES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Fendt lança combo com trator versátil e versões menores de plantadeira dobrável

Fotos: Divulgação Novidade reúne versatilidade, eficiência operacional e alta precisão A Fendt é ...

Agricultores de Ecoporanga se regularizam para venda direta de produtos orgânicos

Um grupo de agricultores familiares do município de Ecoporanga foi contemplado com a ...

Capacitação para operação de secagem e armazenamento de grãos preza pela segurança dos trabalhadores no Oeste baiano

No Oeste da Bahia, região essencialmente agrícola, a crescente necessidade de instalação de ...

Exportação de gengibre mais que dobra em janeiro de 2024

O valor exportado com o gengibre capixaba no primeiro mês deste ano foi ...

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...