RURALTURES: agroturismo, cultura e gastronomia do Espírito Santo em um só lugar

Começa amanhã (25), em Venda Nova do Imigrante, nas montanhas do Espírito Santo, a RuralturES 2021 (Feira Estadual do Turismo Rural). O evento, que vai até o próximo domingo (28), será realizado no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o “Polentão”. Com entrada franca, a Feira seguirá todos os protocolos sanitários atuais para inserir o público num universo de sensações e sentimentos do turismo de experiências.

A RuralturES 2021 é uma realização do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, com a correalização do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES), Secretaria de Estado de Turismo (Setur-ES), Associação de Agroturismo do Espírito Santo (Agrotures) e Prefeitura de Venda Nova do Imigrante. O apoio é da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), serviços nacionais de aprendizagem Rural (Senar-ES) e Comercial (Senac-ES) e patrocínio do Sicoob.

Durante os quatro dias de programação, estão previstos estandes dos municípios das montanhas capixabas, praça gastronômica com 12 cervejarias artesanais (Sebrae/ES) e “Espaço CafÉS” (Sebrae/ES e Senar/ES), propriedade sustentável modelo, “Prosa de Negócios” (Sebrae/ES), estande institucional do Senac/ES, feira com 65 expositores, mini fazendinha, “Cozinha Show”, ciclismo virtual, “Rancho do Tropeiro”, passeios de mula, “Túnel de Sensações”, apresentações musicais e de danças folclóricas, palestras, além de um tombo da polenta gigante (no sábado) e produção ao vivo de açúcar mascavo e pé de moleque.

A ideia da RuralturES é movimentar não somente o local de realização do evento, como também os destinos de turismo rural, incluindo o agroturismo regional, nos dias de evento.

“Nossa proposta na Feira é garantir um espaço para os empreendedores rurais mostrarem, na sua plenitude, o que esse território produz. A ideia é disseminar as experiências, os atrativos turísticos, as novidades que estão surgindo, enfim, toda a força do turismo rural, sua capacidade de atrair visitantes e gerar fluxo turístico importante para a região”, afirma o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

“Este é um momento muito importante para as montanhas capixabas com nossos grandes parceiros e para mostrar que a região tem estrutura hoje para quem quer investir no próprio turismo ou, principalmente, aproveitar nossas belezas e acomodações. A Feira vai mostrar uma visão maior de tudo o que podemos oferecer, não somente no turismo, como também a prestação de serviços de qualidade na educação, na saúde, além de ser a oportunidade para o pequeno produtor ingressar neste mercado”, destaca o diretor-presidente do Convention, Leandro Carnielli.

“Vamos reunir nosso potencial no que se refere ao turismo rural em um só espaço, divulgando roteiros, delícias gastronômicas, cidades e empreendimentos, estimulando capixabas e turistas a prestigiarem nossa gente conhecendo e vivenciado o agroturismo capixaba”, enfatiza a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro.

Municípios vão mostrar riqueza cultural e da biodiversidade

O Espírito Santo é um Estado que surpreende pela diversidade climática, geográfica e cultural, apesar da sua pequena extensão territorial, se comparado com outras unidades da federação. É essa riqueza que os municípios das Montanhas Capixabas prometem levar ao público da RuralturES 2021.

Afonso Cláudio – A ideia do município é levar seus maiores potenciais. É a Capital Estadual do Queijo (mais de 300 produtores de 16 diferentes etnias), conhecido pelos cafés especiais (entre os melhores do país, com várias premiações) e também a Capital da Biodiversidade, com destaque para a Observação de Aves (cerca de 370 espécies catalogadas). Além disso, destinos como a Rota do Empoçado e os Três Pontões estarão em destaque.

Brejetuba – O destaque serão os cafés especiais produzidos no município.

Castelo – O público vai conhecer os cafés especiais e cachaças produzidos no município, além de produtores de flores, cactos, suculentas e rosa do deserto da região do Forno Grande.

Conceição do Castelo – A grande aposta será a divulgação do Vale do Emboque.

Domingos Martins – O município com forte herança da imigração europeia, em especial alemães, pomeranos e italianos, vai levar grupos de dança, artesanato, além de divulgar as rotas e circuitos turísticos e o famoso “Brilho de Natal”.

Laranja da Terra – Em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, o espaço será decorado com flores produzidas no município, artigos e produtos da cultura pomerana, artesanato de fibra de bananeira e móveis rústicos. No estande, também estarão presentes representantes das culturas afro e pomerana.

Marechal Floriano – O estande vai divulgar o Zoo Park da Montanha, o Circuito Vale do Verde, o famoso “Arroz de Marechal”, além das orquídeas e dos cafés especiais.

Vargem Alta – Vai mostrar o movimento quilombola da comunidade de Pedra Branca (região onde foi extraído, na década de 1950, um dos primeiros blocos de mármore do município), com destaque para o artesanato de tambores e caxambu; além de amostras da agroindústria local. Outra temática do estande serão as reservas ambientais do município (Águia Branca – conhecida pela incidência da saíra-apunhalada; Parque Municipal da Cachoeira do Caiado, RPPM Vale da Serra e Área de Conservação do Frade e da Freira – 70% pertence a Vargem Alta).

Venda Nova do Imigrante – O município anfitrião contará com dois estandes, sendo um deles com uma casa típica do imigrante italiano cenográfica. O espaço vai dar destaque a alguns produtos do agroturismo local, a exemplo do socol, linguiças e massas, onde o público poderá conhecer um pouco da história e das tradições. Além da presença dos empreendedores de Venda Nova e de representantes das principais festas, a grande novidade será o mapa em “touch screen” com informações turísticas do município e a divulgação da mais nova rota, a dos Lagos.

Programação RuralturES 2021

25 de novembro de 2021 (Quinta-feira)

  • 16h – Abertura da Feira ao público c/ apresentação de saxofone
  • 16h30 – Chegada da Expedição Tropeira c/ apresentação de viola e degustação de produtos típicos
  • 22h – Encerramento das atividades

26 de novembro de 2021 (Sexta-feira)

  • 16h – Abertura da Feira
  • 22h – Encerramento das atividades

27 de novembro de 2021 (Sábado)

  • 14h – Abertura da Feira
  • 22h – Encerramento das atividades

28 de novembro de 2021 (Domingo)

  • 10h – Abertura da Feira
  • 16h – Encerramento das atividades

Fonte: Assessoria RuralturES

Últimas notícias

Senar lança cursos gratuitos de drones e inseminação artificial. Inscreva-se!

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou três cursos de curta duração, ...

Especialistas do Brasil e exterior debatem mercado halal

O fórum de negócios Global Halal Brazil ocorre na próxima semana e terá ...

Estados Unidos mudam regras para ingresso de cães procedentes do Brasil

Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, ...

Entidades afirmam que caso das búfalas de Brotas foge à regra dos produtores

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) publicou ...

Cadeia produtiva do leite é destaque em novo Boletim da Agricultura Familiar da Conab

Já está disponível, no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a publicação ...