Segunda entrevista com o candidato ao governo do Espírito Santo, Guerino Zanon

Julio Huber

O jornal O Noticiário, em parceria com o portal Montanhas Capixabas e com o portal da Revista Negócio Rural, realizou a segunda rodada de entrevistas com os sete candidatos ao governo do Espírito Santo. As entrevistas serão publicadas individualmente, nesta quinta-feira (29) e sexta-feira (30).

Anúncio

Os candidatos responderam as mesmas perguntas, e tiveram o mesmo limite de caracteres para cada resposta. As publicações diárias seguem a ordem alfabética dos nomes em que os candidatos estarão nas urnas. Abaixo, conheça um pouco mais sobre o candidato, e acompanhe as demais entrevistas.

Anúncio

  • Guerino Zanon – Tem 66 anos, foi três vezes prefeito de Linhares, sua cidade natal. Foi também deputado estadual eleito em 2014. É o candidato da coligação com o PSD, PMB e DC. O candidato a vice-governador na chapa é o empresário Marcus Magalhães, 55 anos, do PSD.
  • Partido: PSD
  • Número: 55
  • Vice-governador: Marcus Magalhães
  • Partidos coligados: PSD, PMB e DC

O senhor tem algum projeto de melhorias das estradas do interior do Estado?

Eu sou um conservador, e por isso pretendo manter o que está dando certo. Vamos manter as obras nas estradas que já estão licitadas e em andamento feitas pelo DER. Nas estradas vicinais, vamos fortalecer o projeto Caminhos do Campo, asfaltando essas estradas fundamentais para escoar a produção agrícola. Vamos ser parceiros dos municípios e ouvir as demandas das comunidades rurais. Dinheiro o Estado tem, o que precisa é boa gestão para fazer o que precisa ser feito.

O que o senhor pretende fazer para melhorar a segurança pública nos municípios capixabas?

Estamos vendo a capital virar uma versão do Rio de Janeiro. Moradores estão convivendo com tiroteios e medo das facções criminosas. Nos primeiros dias de governo vamos montar uma força-tarefa para combater o tráfico de drogas. O foco será na prisão dos grandes traficantes. Vamos reestruturar o serviço de inteligência das polícias, investir no treinamento dos nossos policiais e cuidar da saúde emocional da tropa. A segurança pública vai caminhar junto com ações sociais.

A economia do Espírito Santo tem crescido acima da média do Brasil. O que pode ser feito para impulsionar ainda mais a economia do Estado?

Eu não tenho dúvidas de que o Estado pode muito mais. Temos um governo fraco, com uma equipe fraca, incapaz de trazer investimentos para o Estado. Enquanto prefeito de Linhares, viajei pelo Brasil visitando empresas e mostrando para elas o pedaço de terra promissor que nós tínhamos no Norte do Estado. Com isso, várias empresas foram para Linhares. Geramos 20 mil novos empregos. Então, teremos uma secretaria voltada para a atração de investimentos para o Estado.

Quais são seus projetos para melhorar a qualidade do ensino público capixaba?

Vamos trabalhar a educação desde a primeira infância, do zero aos seis anos, junto com os municípios. Assim, teremos lá na frente jovens muito mais bem preparados. Também vamos investir na qualificação dos professores, com um programa de residência para os professores e implantar um novo plano de carreira para o magistério estadual. Vamos investir no Ensino Médio Profissionalizante, e vamos fazer um trabalho intenso de busca ativa aos alunos que deixaram a escola.

O que pode ser feito para ajudar os empreendedores no Espírito Santo a ampliarem seus negócios?

Assim como eu fiz em Linhares nos meus cinco mandatos, vamos fazer do Espírito Santo um ambiente propício para os negócios. Teremos uma secretaria de atração de investimentos para transformar o Espírito Santo no Estado mais atrativo do Brasil. Criaremos um comitê voltado para desburocratizar os processos e dar agilidade a quem quer empreender. Vamos desenvolver uma política de incentivos fiscais para que a região Sul possa se desenvolver assim como o Norte, que tem a Sudene.

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Feira de Agronegócios Cooabriel 2024 acontecerá em julho

O evento é considerado o maior do agro no estado do Espírito Santo ...

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

Foto: Humberto Franco O Zarc delimita regiões e épocas de cultivo em classes ...

Senar-ES quer fortalecer o agro em Santa Leopoldina

Contribuir para um cenário de crescente desenvolvimento da produção sustentável no Espírito Santo ...

Ales vai promover sessão em homenagem às mulheres cooperativistas

Foto: Freepik Reunião acontece na próxima semana. Pauta foi proposta pela Comissão Permanente ...

Brasil produziu quase 900 mil toneladas de peixes de cultivo

A piscicultura venceu adversidades e cresceu 3,1% Em 2023 O Brasil produziu 887.029 ...