Sindicafé-SP e Abics firmam acordo inédito de cooperação

Cooperação técnica capacitará profissionais sobre os diversos tipos de preparo da bebida e promoverá o consumo

O Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Sindicafe-SP) e a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) firmarão, nesta terça-feira (27), um inédito acordo de cooperação técnica, com o objetivo de unir esforços para viabilizar e implementar ações de interesses comuns entre as entidades.

Baseado em quatro pilares básicos, a cooperação desenvolverá ações que visam:

  1. incorporar o módulo de capacitação e treinamento de café solúvel, com a metodologia da Abics, nos cursos de baristas empreendidos pelo Centro de Preparação de Café (CPC) do Sindicafé-SP;
  2. desenvolver receitas de gastronomia e bebidas com café solúvel para aplicação em cafeterias e similares;
  3. promover eventos de caráter educativo e cultural de promoção e divulgação do café solúvel; e
  4. ampliar o portfólio de produtos para as indústrias de solúvel e torrefação e moagem, agregando mais valor e estimulando o consumo.

Para Dagmar Cupaiolo, presidente do Sindicafé-SP, essa iniciativa representa uma evolução no relacionamento das entidades que vai beneficiar, principalmente, os consumidores de cafés e os apreciadores da bebida.

Para Pedro Guimarães Fernandes, presidente da Abics, a parceria com o Sindicafé-SP, o maior sindicato da indústria de café do Brasil, tem grande relevância e significado para a ampliação do conhecimento sobre a bebida e do próprio consumo.

“É a união de trabalhos do café solúvel com a indústria de torrefação para um maior desenvolvimento e ao aprimoramento do consumo de café no Brasil. A possibilidade de ampliar as informações do café solúvel aos profissionais do café, aos baristas, através dos cursos do CPC, é um acontecimento inédito que ampliará conhecimentos, inclusive aos consumidores”, destaca.

“Será uma junção de esforços e conhecimentos que proporcionará a divulgação de diferentes cafés, tanto torrado e moído como também solúvel, proporcionando ao público a oportunidade de degustar novas formas de preparo, aumentando o market share para toda a cadeia produtiva do café”, completa Nathan Herszkowicz, presidente executivo do Sindicafé-SP.

O acordo será assinado pelo presidente do Sindicafé-SP, Dagmar Osvaldo Cupaiolo, e por Pedro Guimarães Fernandes, presidente da Abics, com participação de Aguinaldo Lima, diretor da Associação, e Nathan Herszkowicz, diretor do Sindicato, que será sede, em São Paulo (SP), da cerimônia do dia 27, às 10h.

Fonte: Abics

Últimas notícias

Senar lança cursos gratuitos de drones e inseminação artificial. Inscreva-se!

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou três cursos de curta duração, ...

Especialistas do Brasil e exterior debatem mercado halal

O fórum de negócios Global Halal Brazil ocorre na próxima semana e terá ...

Estados Unidos mudam regras para ingresso de cães procedentes do Brasil

Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, ...

Entidades afirmam que caso das búfalas de Brotas foge à regra dos produtores

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) publicou ...

Cadeia produtiva do leite é destaque em novo Boletim da Agricultura Familiar da Conab

Já está disponível, no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a publicação ...