Sindicafé-SP e Abics firmam acordo inédito de cooperação

Cooperação técnica capacitará profissionais sobre os diversos tipos de preparo da bebida e promoverá o consumo

O Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Sindicafe-SP) e a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) firmarão, nesta terça-feira (27), um inédito acordo de cooperação técnica, com o objetivo de unir esforços para viabilizar e implementar ações de interesses comuns entre as entidades.

Baseado em quatro pilares básicos, a cooperação desenvolverá ações que visam:

  1. incorporar o módulo de capacitação e treinamento de café solúvel, com a metodologia da Abics, nos cursos de baristas empreendidos pelo Centro de Preparação de Café (CPC) do Sindicafé-SP;
  2. desenvolver receitas de gastronomia e bebidas com café solúvel para aplicação em cafeterias e similares;
  3. promover eventos de caráter educativo e cultural de promoção e divulgação do café solúvel; e
  4. ampliar o portfólio de produtos para as indústrias de solúvel e torrefação e moagem, agregando mais valor e estimulando o consumo.

Para Dagmar Cupaiolo, presidente do Sindicafé-SP, essa iniciativa representa uma evolução no relacionamento das entidades que vai beneficiar, principalmente, os consumidores de cafés e os apreciadores da bebida.

Para Pedro Guimarães Fernandes, presidente da Abics, a parceria com o Sindicafé-SP, o maior sindicato da indústria de café do Brasil, tem grande relevância e significado para a ampliação do conhecimento sobre a bebida e do próprio consumo.

“É a união de trabalhos do café solúvel com a indústria de torrefação para um maior desenvolvimento e ao aprimoramento do consumo de café no Brasil. A possibilidade de ampliar as informações do café solúvel aos profissionais do café, aos baristas, através dos cursos do CPC, é um acontecimento inédito que ampliará conhecimentos, inclusive aos consumidores”, destaca.

“Será uma junção de esforços e conhecimentos que proporcionará a divulgação de diferentes cafés, tanto torrado e moído como também solúvel, proporcionando ao público a oportunidade de degustar novas formas de preparo, aumentando o market share para toda a cadeia produtiva do café”, completa Nathan Herszkowicz, presidente executivo do Sindicafé-SP.

O acordo será assinado pelo presidente do Sindicafé-SP, Dagmar Osvaldo Cupaiolo, e por Pedro Guimarães Fernandes, presidente da Abics, com participação de Aguinaldo Lima, diretor da Associação, e Nathan Herszkowicz, diretor do Sindicato, que será sede, em São Paulo (SP), da cerimônia do dia 27, às 10h.

Fonte: Abics

Últimas notícias

Uvas de mesa são tema de palestra técnica on-line na terça-feira (27)

Em prosseguimento à Capacitação em Fruticultura Tropical, coordenada pela Embrapa Cerrados (DF), será ...

Conab analisa efeitos da falta de chuvas nas lavouras de milho, algodão e trigo

A região Centro-Oeste, responsável pela maior produção de grãos do país, sentiu os ...

Operação Colheita apreende armas, drogas e prende 25 criminosos no Estado

Cerca de dois meses após o início das ações, a Operação Colheita, lançada ...

Inmet disponibiliza plataforma de monitoramento de estimativa de geadas no Brasil

O mapa indica a possibilidade da ocorrência de geada, baseada na temperatura mínima ...

Frutas, castanhas e verduras nativas do Brasil estão em nova lista de espécies da sociobiodiversidade com valor alimentício

São considerados produtos da sociobiodiversidade os bens e serviços gerados a partir de ...