Turismo de experiências é a tendência brasileira

Fotos: Julio Huber e divulgação

Representantes das montanhas do Espírito Santo trocaram experiência em municípios da Serra Gaúcha

Julio Huber

Anúncio

Diversas feiras, congressos e eventos com foco no turismo são realizados anualmente em todo o país. Um dos mais aguardados e que reúne o trade do Brasil e de outros países é a Feira Internacional do Turismo de Gramado (Festuris), no Rio Grande do Sul, que este ano chegou à sua 35ª edição em 2023.

Anúncio

E um dos destaques entre os expositores nacional e internacionais foi o turismo de experiência, que tem caído no gosto dos turistas. Representantes capixabas também participaram da feira, que contou com um estande do Espírito Santo, custeado pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur).

Secretários de turismo e empresários das montanhas capixabas também foram até a Serra Gaúcha por meio de uma parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau.

Além de participarem da feira, que foi realizada de 9 a 11 de novembro, o grupo das montanhas, composto por 23 representantes, aproveitou ainda mais a viagem. Eles realizaram um intercâmbio e conheceram empreendimentos turísticos e atrativos de Gramado, Bento Gonçalves e Garibaldi.

A gerente da regional Serrana do Sebrae/ES, Patrícia Gangussu, que também foi ao Rio Grande do Sul, destacou que o intercâmbio realizado foi importante para os gestores públicos que participaram e também aos empresários.

Um dos locais visitados foi o Olivas de Gramado, idealizado pelo ex-prefeito da cidade, Pedro Bertulucci, juntamente com seus filhos. “Além da feira, aproveitamos a viagem para trocar experiências e conversar com os empresários locais. O ex-prefeito Pedro enfatizou a importância do protagonismo dos empresários, mas afirmou sobre a importância do poder público em estar junto do privado nos projetos turísticos”, comentou Patrícia.

Quem também participou da comitiva foi a secretária de Cultura e Turismo de Marechal Floriano, Maria Goretti Pereira Pinto. “A viagem foi muito produtiva. Voltei para o município trazendo várias experiências diferentes que podem facilmente ser replicadas aqui. Muitos processos produtivos vistos por lá já são executados por aqui, porém, eles fazem com mais profissionalismo”, disse.

Sobre a Festuris, a secretária disse que se surpreendeu com o tamanho do evento. “Envolve o trade do turismo de vários estados e países, traz oportunidades únicas de divulgar o nosso munícipio e aprender com os demais parceiros, além de nos proporcionar conhecer novos equipamentos turísticos que nos inspiram a buscar o melhor para nossa região e, consequentemente, para nosso município”, afirmou.

Turismo de experiência das montanhas em destaque

Renata Vescovi falou sobre o turismo de experiência do Espírito Santo, que tem o apoio do Sebre/ES

O turismo das montanhas do Espírito Santo foi destaque na Festuris. O foco da participação capixaba na feira foi apresentar o segmento do turismo de experiência. Para isso, a assessora da diretoria técnica do Sebrae/ES, Renata Vescovi, apresentou um painel, no meeting do evento, explanando sobre o tema e mostrando a expertise das montanhas do Estado quanto ao assunto.

Renata também é gestora do Polo de Referência de Turismo de Experiência, inaugurado recentemente em Venda Nova do Imigrante. “O turismo de experiência traz uma nova abordagem. É uma forma do visitante interagir mais com o local e com a comunidade que ele está visitando. É como se o turista fizesse parte e integrasse no ambiente”, explica.

Renata contou que a história do Espírito Santo com o desenvolvimento do agroturismo contribuiu para a criação do polo de turismo nas montanhas. “No agroturismo, o visitante visita as propriedades e em alguns locais participa de experiências. Há alguns anos o Sebrae do Espírito Santo começou a ter um olhar diferente para esse tema e vimos uma oportunidade de levar inovação aos pequenos negócios e dar mais oportunidades”, afirmou.

Empreendedores da região das montanhas também tiveram a oportunidade de falar sobre o tema, em apresentações realizadas no estande do Sebrae na Festuris. Leandro Carnielli, que além de empresário turístico é presidente do Convention das Montanhas, explanou sobre como o agroturismo foi iniciado em Venda Nova do Imigrante, e contou sobre a sua produção de queijos e do socol, produto típico e que possui Indicação Geográfica (IG).

Leandro Carnielli, de Venda Nova do Imigrante, falou sobre o agroturismo das montanhas

“O agroturismo no Brasil foi criado em Venda Nova do Imigrante, após uma viagem que um grupo de produtores fez à Itália. Nossos produtos carregam a cultura e a história, mas é preciso sempre nos atualizarmos, buscarmos conhecimentos e melhorar os processos. Hoje, os filhos estão retornando às propriedades, mas eles precisam encontrar oportunidades e qualidade de vida”, disse Carnielli.

Os irmãos Lara e Pedro Altoé, da Pousada Altoé da Montanha, também de Venda Nova do Imigrante, tiveram a oportunidade de compartilhar a experiência da família e conhecer a realidade gaúcha no turismo. “Foi uma experiência muito positiva, pois conseguimos divulgar o Espírito Santo juntamente com outros empresários de diferentes regiões. Além disso, conhecemos outros trabalhos feitos por todo o Brasil, o que nos incentiva ainda mais a investir na nossa região, que cresce e fica mais conhecida a cada dia”, disse Lara.

Festuris movimenta mais de R$ 400 milhões em negócios

A feira contou com 400 estandes de todas as regiões brasileiras e de 40 destinos internacionais

A edição de 2024 da Festuris já tem data marcada, e será de 7 a 10 de novembro. Mas, a 35ª edição do evento, realizada de 9 a 11 de novembro passado, ficará na história por vários motivos. Um deles foi a maciça participação do público, que superou 15 mil participantes e gerou mais de R$ 400 milhões em negócios.

Segundo a organização, o evento cresceu 23% em relação a 2022 e ocupou pela primeira vez os três pavilhões do Serra Park, totalizando 27 mil metros quadrados de área construída. Em 400 estandes estiveram reunidas 2.700 marcas e foram promovidos 40 destinos internacionais e todas as regiões do Brasil. Ao todo, foram sete palcos de conteúdo.

“Nas conversas com os expositores e no semblante das pessoas tivemos a confirmação de que o evento superou as expectativas”, afirmou Eduardo Zorzanello, CEO do evento e da empresa Rossi & Zorzanello, realizadora da feira.

“A cada ano a responsabilidade de entregar um evento com expositores e buyers qualificados aumenta. Muitos participantes nos abordaram e, com carinho, disseram estar satisfeitos. Nós ficamos muito felizes por esses feedbacks”, completa a fundadora e CEO do evento, Marta Rossi.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, participou da abertura oficial do evento, realizada no Palácio dos Festivais de Gramado, no dia 9 de novembro, um dia antes do início da feira. Os anfitriões Marta Rossi e Eduardo Zorzanello foram elogiados pela realização do evento. “Parabéns a Marta e Eduardo, parabéns a Gramado e vida longa ao Festuris”, desejou o ministro do turismo.

O Uruguai foi o país de destaque na última edição do Festuris, que já tem data marcada para 2024

A internacionalização do Festuris foi lembrada pelo ministro do turismo do Uruguai, Tabaré Viera. Para ele, o incremento do setor no Mercosul é fundamental para o desenvolvimento da América do Sul. “Para nós é muito importante estar aqui, em Gramado, para debater e solidificar o intercâmbio entre Brasil e Uruguai. Estamos no Festuris com uma delegação de 120 pessoas”, assegurou Tabaré.

O prefeito de Gramado, Nestor Tissot, lembrou que o turismo é a base da economia do município e que o Festuris tem tido um papel muito importante na divulgação da cidade. “Acompanhei de perto esta caminhada que hoje é aplaudida por 40 mil gramadenses”, frisou.

O Festuris contou com a cobertura de 600 profissionais de comunicação, entre eles 26 jornalistas da imprensa internacional e mais de 100 hosted buyers (comprador convidado), procedentes do Uruguai, Argentina, Peru, Colômbia, México, República Dominicana, Estados Unidos, Portugal e Espanha. Do Espírito Santo, a revista Negócio Rural, o jornal O Noticiário e o portal Montanhas Capixabas foram convidados para a cobertura.

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...