Últimas semanas de inscrições para 10º Prêmio Pio Corteletti

Foto: Carla Caliman/ Asscom Coopeavi

Cafeicultores associados à Coopeavi têm até o dia 18 de novembro para se inscrever na 10ª edição do Prêmio Pio Corteletti Arábica e Conilon Especial. O regulamento está disponível no link http://bit.ly/PioCorteletti2020. Nas duas categorias, os vencedores vão ganhar R$ 4.000; os segundos colocados, R$ 2.000; e os terceiros colocados, R$ 1.500.

Os vencedores terão garantida a venda dos lotes de café pela cooperativa. O anúncio será feito no dia 18 de dezembro em transmissão ao vivo pela internet por conta da pandemia do novo coronavírus.

O prêmio, que conta com o apoio do Sistema OCB/ES e do Sebrae, tem por objetivo identificar, incentivar e premiar os melhores cafés das espécies arábica e conilon produzidos no Espírito Santo e Minas Gerais como forma mais eficaz de conquista de novos mercados e atender à crescente demanda por produto com qualidade superior.

REQUISITOS – As regras são praticamente as mesmas nas duas categorias. Estão aptos a participar do Prêmio produtores do Espírito Santo e Minas Gerais associados à Coopeavi, com grãos preparados por via úmida, ou seja, descascados em cereja (Cereja Descascado) e/ou despolpados, processo de secagem ao sol ou fornalha de fogo indireto.

Não serão admitidos cafés brunidos, chuvados, com mau cheiro, enfumaçados e fermentados. As amostras inscritas deverão ser de lotes homogêneos produzidos na lavoura do produtor participante.

Entre os produtores de arábica, o requisito é que cada lote único inscrito possua no mínimo cinco sacas beneficiadas (300 kg líquidos) e no máximo 30 sacas beneficiadas (1.800 kg líquidos), bica corrida, devidamente acondicionadas em sacaria de estopa nova.

Já para produtores de conilon, cada lote deve conter no mínimo cinco sacas beneficiadas (300 kg líquidos) e no máximo 25 sacas beneficiadas (1.500 kg líquidos), devidamente acondicionadas em sacaria de estopa de primeira ou segunda viagem. Outras regras constam no regulamento.

A divulgação da lista de produtores aptos a participarem do concurso está prevista para o dia 23 de novembro. Já o período de comercialização acontecerá entre 24 de novembro e 8 de dezembro.

COMISSÃO JULGADORA – A comissão julgadora será composta por no mínimo três profissionais, devidamente reconhecidos no mercado de cafés finos e especiais. A metodologia de prova será baseada no protocolo internacional dos Robustas Finos desenvolvido pelo Coffee Quality Institute (CQI).

As armazenagens dos cafés participantes do concurso ficarão a cargo da Coopeavi. Após a data estipulada para a preparação final dos lotes, a banca examinadora determinará um representante para a verificação “in loco” da fidelidade dos lotes finais com a amostra submetida ao concurso.

Os lotes que apresentarem discrepâncias em relação à amostra, descaracterizando a qualidade e quantidade avaliada, serão desclassificados. O produtor que não comercializar o lote inscrito até a data limite estará automaticamente desclassificado do concurso.

Serão declarados vencedores os cafés que obtiverem as maiores notas na Avaliação Sensorial. A título de reconhecimento por qualidade, os organizadores do Concurso Pio Corteletti se propõem a comprar todos os lotes inscritos no concurso, pagando um ágio proporcional aos que atenderem os requisitos mínimos previstos no regulamento.

Fonte: Coopeavi

Últimas notícias

Premiação distribui R$ 130 mil para os produtores dos melhores cafés do Espírito Santo

Fotos: Sidney Dalvi e Hélio Filho/Secom Os melhores cafés especiais capixabas foram eleitos ...

Pecuária de leite vive incertezas com o futuro da pandemia

A reunião de conjuntura de novembro do Centro de Inteligência do Leite da ...

Valor de mercado de defensivos aplicados deverá cair 11,8% em 2020

O mercado de defensivos agrícolas deve ter redução de 11,8% no valor em ...

Programa de aprendizagem rural é homenageado pelo Instituto Innovare

Fotos: Junio Nunes O Programa de Aprendizagem Profissional Rural foi homenageado na 17ª ...

Novo surto de gafanhotos é monitorado por governo do Rio Grande do Sul

Foto: Senasa Julio Huber Um novo surto de gafanhotos identificado pelo Serviço Nacional ...