Vídeo mostra “árvore congelada” e intriga moradores de Domingos Martins

Bruno Faustino

Nos últimos dias, uma onda de calor fez com que vários estados brasileiros registrassem recordes históricos de temperatura. O Espírito Santo está na área de alerta vermelho com a previsão de temperaturas 5ºC acima da média até esta sexta-feira (17). Mas um vídeo que circula na internet tem intrigado moradores de Domingos Martins, nas Montanhas Capixabas. As imagens mostram um árvore congelada no Circuito Turístico do Galo, distante cinco quilômetros do centro da cidade. Veja o vídeo abaixo.

O registro foi feito pela empresária Edinea Kuster Lampier, proprietária do Restaurante Fazenda Imperial. “Eu gravei esse vídeo no sábado, por volta das 15h30. Estava muito quente. E me surpreendi ao passar embaixo de uma árvora e pingar uma gota gelada. Quando olhei percebi que havia algo parecendo gelo. No dia seguinte, voltei e o ‘gelinho’ continuava lá. É muito gostoso ficar embaixo da árvore porque ela solta os ‘pinguinhos’ e fica muito gostoso, fresquinho”, contou a empresária ao Portal da Revista Negócio Rural.

Nas redes sociais, muita gente comentou o vídeo. “Estive no local hoje e tive a oportunidade de apreciar este fenômeno. Caía gotas de água bastante em cima de um veículo que estava estacionado em baixo da árvore. Fiquei impressionado com o fenômeno”, relatou o internauta Liberio De Souza Filho.

A internauta Regina Souto escreveu que “está acontecendo muitas coisas estranha na natureza”.

O aparecimento de uma substância branca intriga moradores no interior do Espírito Santo

EXPLICAÇÃO – A bióloga Talita Miranda Teixeira Xavier analisou o vídeo e explicou que o fenômeno é provocado por uma relação de parasitismo. “São hemípteros, a exemplo de pulgões, cochonilhas e percevejos. Como os insetos são extremamente pequenos e formam aglomerados, gerou-se essa ‘massa esbranquiçada’, que a pessoa confundiu com gelo. Muitas vezes forma-se uma ‘espuma’ que serve de casulo para insetos. Observa-se em maior intensidade na primavera e verão, uma vez que, no calor, eles crescem mais rápido e se reproduzem com maior intensidade”, relatou.

Segundo a especialista, o que está caindo, na verdade, é o líquido excretado pelos insetos. “Eles sugam a seiva da planta para se alimentar, já que é rica em água, açúcares e aminoácidos e, por mais que pareça que as ‘árvores choram’ ou que ‘tem gelo derretendo’, nada mais é do que a excreção dos insetos. E por eles não conseguirem furar a casca das árvores, ficam nos ramos mais novos e mais altos”, disse.

Talita esclareceu que a sensação de bem estar relatada pela empresária no vídeo se deve ao fato do microclima que toda árvore pode proporcionar gerando sombra e reduzindo a temperatura do local.

CEARÁ – O aparecimento de uma substância branca, que pinga um líquido transparente, no alto de uma árvore, aguçou a curiosidade em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, no mês de setembro. As pessoas acreditavam que os galhos da árvore também tinham congelado.

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Fendt lança combo com trator versátil e versões menores de plantadeira dobrável

Fotos: Divulgação Novidade reúne versatilidade, eficiência operacional e alta precisão A Fendt é ...

Agricultores de Ecoporanga se regularizam para venda direta de produtos orgânicos

Um grupo de agricultores familiares do município de Ecoporanga foi contemplado com a ...

Capacitação para operação de secagem e armazenamento de grãos preza pela segurança dos trabalhadores no Oeste baiano

No Oeste da Bahia, região essencialmente agrícola, a crescente necessidade de instalação de ...

Exportação de gengibre mais que dobra em janeiro de 2024

O valor exportado com o gengibre capixaba no primeiro mês deste ano foi ...

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...