Vinícola pernambucana conquista oito medalhas em concurso que premia os melhores vinhos da América Latina

Foto: Divultação

Recentemente foi divulgada a lista dos vinhos premiados no concurso Best Wines BW 2023. O objetivo do evento é premiar os melhores vinhos comercializados no Cone Sul. O júri do concurso é formado por um time de especialistas da Argentina, Chile e Brasil, onde os vinhos são provados em grupos de até 10 amostras da mesma categoria, totalmente às cegas para não influenciar na decisão dos jurados.

Anúncio

As avaliações aconteceram em São Paulo (Brasil), Mendonza (Argentina) e Santiago (Chile). Cada jurado pontua uma amostra (entre 0 e 100) em uma ficha eletrônica individual que inclui impressões sensoriais, em que a média é a pontuação BW. Outro diferencial do concurso é que cada vinícola premiada recebeu um selo que pode ser utilizado em catálogos ou garrafas acompanhado de um QR Code, que mostra curiosidades sobre o produto e outras informações.

Anúncio

Diversas vinícolas que fazem parte do Cone Sul foram premiadas, sendo que dentre todas as amostras provadas no concurso, foram escolhidos os vinhos considerados Boa Compra, que receberam pontuação entre 89 e 91 BW. Das empresas contempladas nessa categoria está a pernambucana Rio Sol.

Localizada no Vale do São Francisco, a Rio Sol teve oito vinhos premiados. Desses oito, três foram espumantes, incluindo o Rio Sol Espumante Moscatel, que já foi premiado com medalha de ouro no Concurso Nacional Espumante Brasileiro. O Rio Sol Branco Chenin Blanc Viognier e o Rio Sol Tempranillo também foram premiados no Best Wines BW desse ano. Três tintos secos que fazem parte do portfólio da vinícola também foram medalhados: o Rio Sol Gran Reserva Touriga Nacional, o Rio Sol Gran Reserva 8 e o Rio Sol Reserva, que já conquistou medalha de grande ouro no Concurso Mundial de Bruxelas, em 2014.

Desses oito vinhos, sete também foram premiados na categoria Boa Compra. “Cada vez mais a América Latina vem ganhando destaque por conta da qualidade de seus vinhos, então é importante que tenha uma premiação para prestigiar os melhores vinhos de cada um desses países para que os consumidores consigam ter conhecimento da qualidade e do nível dos produtos que eles estão consumindo”, afirma Ricardo Henriques, diretor técnico da Rio Sol.

No mercado desde 2003, a Rio Sol completa 20 anos em 2023. O projeto idealizado pela Vitivinícola Santa Maria, localizada em Lagoa Grande, Pernambuco, e pela vinícola Global Wines, com sede na região do Dão, em Portugal, conseguiu se consolidar rapidamente no mercado graças ao seu sabor único, resultado do clima semiárido de Pernambuco e as características únicas das vinhas portuguesas. Atualmente a Rio Sol possui em seu portfólio mais de 20 produtos, que vão desde espumantes de vários tipos até suco de uva tinto integral.

Fonte: Notícia Expressa

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Praga inexistente no Brasil é identificada em fruta que vinha dos Estados Unidos

Uma carga com 576 quilos de pêssegos importados dos Estados Unidos foi barrada ...

Salmonella gera impacto na avicultura e preocupa produtores

Foto: Envato O impacto das salmoneloses assusta os produtores pela sua contaminação. A ...

Produção industrial cresce 6,2% no Espírito Santo

Foto: Freepik Os resultados positivos da indústria capixaba continuam impulsionando a economia do ...

Mato Grosso recebe roadshow para comunicadores do agro

Cada vez mais a realização de roadshows tê sido uma iniciativa marcante no ...

Cooperativismo marca presença na estreia do programa Negócio Rural

Novo formato é apresentado pelo jornalista Bruno Faustino, que irá contar histórias do ...