Vitoria Stone Fair comemora 20 anos

A importância da indústria do setor de rochas ornamentais foi o destaque da cerimônia de abertura da Vitoria Stone Fair 2023. A solenidade também exaltou os 20 anos de realização da feira, considerada a maior feira de rochas naturais da América Latina. Durante quatro dias as principais novidades do setor estarão expostas no Pavilhão de Carapina, na Serra. Este ano, o evento inova com palestras e espaços que apresentam a evolução do design das rochas ornamentais, além de máquinas e equipamentos de última geração.

Em tom de comemoração, a CEO da Milanez Milaneze, Flávia Milaneze, falou sobre a alegria da retomada da feira, que é realizada há duas décadas e que tem a expectativa de receber cerca de 20 mil pessoas de todos os estados brasileiros e de mais de 60 países. “O encontro é um patrimônio nosso. Nós estamos completando 20 anos de feira, são 20 anos trabalhando e promovendo o setor de rocha com todas as parcerias que a gente tem. É o começo de uma nova fase e que venham muitos e muitos anos pela frente”, disse.

Anúncio

O vice-presidente do grupo Verona Fieri, do qual o Milanez Milaneze faz parte, Matteo Gelmetti, destacou que o Espírito Santo é muito parecido com Verona no setor de rochas ornamentais o que torna a parceria mais eficiente. Ele também salientou a importância do encontro. “Esta é uma feira belíssima, qualificada e profícua para todos aqueles que desejam estender os seus negócios”, completou.

Anúncio

Ed Martins, presidente do Sindirochas, ressaltou a evolução que o setor obteve desde que a Vitoria Stone Fair começou a ser realizada, principalmente nas áreas social e ambiental. “Houve uma qualificação e melhoria em todos as áreas, mas eu queria destacar a questão ambiental, como a implantação do circuito fechado de água, que evita o desperdício E também a questão social, com o Rochativa que é um trabalho realizado há quinze anos. É importante a gente ter esse olhar e essa responsabilidade”, destacou.

No mesmo tom, o presidente do Centrorochas, Tales Machado, abordou as medidas sustentáveis adotadas pelas indústrias para tornar o setor ainda mais responsável com o meio ambiente. Ele também destacou o circuito fechado de agua, e a tecnologia dos multifios, que torna o corte das rochas mais limpo. Machado falou sobre o projeto para realizar estudos próprios dentro do setor de rochas ornamentais. “Nós temos muita informação extraoficial, agora nós queremos fazer um estudo realmente com base científica para comparar a emissão de gases em relação a outros produtos”, contou.

A presidente da Findes, Cris Samorini, ressaltou que a indústria é o motor de crescimento do país. “É importante a sociedade acreditar que a indústria promove o desenvolvimento. A indústria realmente é a única que aumenta e potencializa os investimentos, vide aí o grande exemplo do setor de rochas e granitos”, completou.

O diretor da Agência Nacional de Mineração, Mauro Henrique Moreira de Souza, destacou que a cooperação que agência deseja oferecer ao setor. “Queremos ser mais abertos ao diálogo, ampliar a interlocução, ouvir mais, ser mais permeados pelas ideias da discussão e a construção cooperativa, viabilizar e fomentar atividades para o crescimento econômico como grande atributo daquelas atividades e atribuições da agência nacional de mineração”. O presidente da Apex, Jorge Viana, também prestigiou o evento e parabenizou os representantes do setor por buscarem novos espaços e caminhos para impulsionar o crescimento da cadeia produtiva.

Encerrando o evento, o vice-governador do Espirito Santo, Ricardo Ferraço, destacou as mudanças e evoluções do setor. “O setor de rochas ornamentais, ao longo dos últimos 20 anos mudou muito e mudou para melhor. Não apenas nos aspectos relacionados a volume, produção, qualidade, valor agregado. Mas nos seus conceitos e nos seus valores assim como na sua responsabilidade coletiva com a sociedade”, disse.

A solenidade contou com a presença de executivos, autoridades, empresários da cadeia produtiva de rochas ornamentais, compradores mundiais, arquitetos, designers e construtoras. Todos prestigiaram o evento que movimenta a cada ano milhões em negócios e destaca as belezas das rochas ornamentais.

A Vitoria Stone Fair segue até a próxima sexta-feira, no Pavilhão de Carapina. A Vitoria Stone Fair é uma realização da Milanez & Milaneze, promovido pelo Sindirochas e Cetemag e apoio do Centrorochas, com patrocínio do Bandes, Sicoob, Sesi Senai e CREAES.

Números da Stone Fair 2023
• 30 mil metros de área de exposição.
• 300 marcas expositoras
• Expositores 80% pedras e 20% máquinas, insumos, equipamentos e serviços.
• Expositores de oito estados brasileiros e quatro países internacionais.
• Visitantes: são esperadas 18 mil pessoas de todo o Brasil e de 60 países.
• 40 novas empresas participam este ano.

SERVIÇO:
Vitoria Stone Fair 2023
Data: de 07 a 10 de fevereiro
Horário: de terça a quinta-feira – 10h às 18h | sexta-feira – 10h às 16h

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...

Bahia Farm Show 2024 bate novo recorde de público

A 18ª edição da Bahia Farm Show atinge um novo recorde de público. ...

Praga inexistente no Brasil é identificada em fruta que vinha dos Estados Unidos

Uma carga com 576 quilos de pêssegos importados dos Estados Unidos foi barrada ...

Salmonella gera impacto na avicultura e preocupa produtores

Foto: Envato O impacto das salmoneloses assusta os produtores pela sua contaminação. A ...