XVII Encontro e II Feira Nacional do Amendoim serão 100% on-line e gratuitos

Um evento 100% on-line e com inscrições gratuitas. Este será o novo formato do XVII Encontro e II Feira Nacional do Amendoim, principal evento brasileiro sobre a cultura e referência na América Latina, promovido pelos diversos segmentos da cadeia produtiva.

Em vez de adiar a iniciativa até a flexibilização das orientações de distanciamento social, devido à Covid-19, a Comissão Organizadora optou pela realização em plataformas digitais. Entre os palestrantes, cientistas do Brasil e dos Estados Unidos e as mais recentes pesquisas do setor, com temas para atender o produtor em seus desafios diários. A semana, portanto, será um divisor de águas para a tomada de decisão sobre o novo ciclo da cultura, que tem início com o plantio, em setembro.

As inscrições gratuitas e com certificados emitidos pela FCAV/Unesp-Jaboticabal estão sendo possíveis devido às parcerias. “O aporte dos patrocinadores foi fundamental para o acesso gratuito. São palestrantes reconhecidos no Brasil e exterior, que vão trazer aspectos práticos para as decisões no campo. Isto é essencial para a cadeia produtiva do amendoim e estreita os laços entre a área acadêmica e o produtor rural”, explicou Sérgio de Souza Nakagi, presidente da Comissão Organizadora.

PALESTRAS E DIA DE CAMPO – Ao todo, serão 15 palestras, abordando temas como: manejo de solos, pragas, doenças, ervas daninhas, meiosi, mitosi, melhoramento genético, situação das viroses e inovações em mecanização.

“Este é um encontro que acontece há 17 anos e é referência na América do Sul. Nós nos adaptamos às condições deste período e vamos manter este fórum de discussão vivo”, afirma o Prof. Dr. Pedro Luiz da Costa Aguiar Alves, da FCAV/Unesp, coordenador do encontro técnico-científico. Ele fala ainda da expectativa para o retorno do público no próximo ano. “Quanto à parte gastronômica e cultural da feira, há adaptações, mas esperamos que no ano que vem, ela tenha o mesmo formato da primeira edição, quando reunimos um grande público de todo o interior do Estado”, concluiu.

Os produtores também aguardam os resultados das áreas experimentais das empresas parceiras. “Mesmo com a situação de pandemia, a comissão tomou a decisão de não parar com o planejamento, e a condução da cultura em campo manteve-se a todo vapor. Convidamos produtores, técnicos, estudantes e profissionais de Ciências Agrárias para prestigiar o evento e participar do Dia de Campo Virtual. Será apresentado o resultado do manejo agronômico na cultura do amendoim irrigado via pivô central”, informou o Prof. Dr. Luiz Fabiano Palaretti, coordenador do Dia de Campo.

MESA REDONDA – A programação conta ainda com uma mesa redonda no encerramento, com especialistas e representantes de entidades que vão abordar os cenários para o setor no pós-pandemia. Culinária – Para garantir a degustação de amendoim, entidades assistenciais do município irão preparar pratos doces e salgados para delivery ou drive thru. E para o público de outras regiões do Brasil, haverá receitas à base de amendoim com chef de cozinha e dicas para fazer em casa.

Últimas notícias

Preço do leite ao produtor sobe, mas custos de produção reduzem margens

O preço do leite recebido pelo produtor manteve a tendência de alta no ...

Estimativa de safra de café é reduzida pela Conab e próxima colheita preocupa

Foto: Julio Huber O país deverá produzir aproximadamente 46,9 milhões de sacas de ...

Deflagrada nova edição da Operação Mata Atlântica em Pé

Teve início ontem (20), a Operação Mata Atlântica em Pé, iniciativa voltada ao ...

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...