Startup lança aplicativo para gerenciamento do plantio

A operação de plantio demanda um planejamento de todas as
etapas para que, ao final, se atinja o objetivo desejado que é obter mais
plantas por hectare e, consequentemente, mais retorno do investimento
realizado. Cada planta a menos na linha é uma “quebra” na produção
que ao final representa redução no lucro daquela lavoura. E com os
preços que estão sendo pagos hoje pela soja, por exemplo, não dá para
desperdiçar.

E além do planejamento, demanda também um controle de todo o
processo, com análise dos relatórios diários sobre o que aconteceu no
momento do plantio, quais as inconformidades, os problemas
encontrados, a fim de que a correção seja feita rapidamente, evitando
maiores perdas nos dias posteriores.

Continua após o anúncio

Conforme descreve o diretor técnico da Geração Agro, startup
especializada em gestão de plantio, Paulo César Ferreira, há cerca de
seis anos, quando a digitalização ainda não tinha chegado ao campo, o
processo de fazer relatório de análise do plantio e a devolução para o
gestor a fim de que pudesse fazer as correções necessárias era todo
manual. Isto demandava horas de trabalho para preencher planilhas no
computador e gerar os gráficos.

A chegada dos smartphones possibilitou instalar os softwares de
gestão neste equipamento e o gestor poder preencher as informações
sobre a operação que está sendo realizada já ao término dela e enviá-las
para o escritório ou outras pessoas que estão ligadas ao operacional,
logo que ele se conecta a um sinal 3G. “Esta é a essência do aplicativo
que estamos lançando e implementando junto aos nossos clientes”,
afirma Paulo Cesar. O GA Plus foi desenvolvido ao longo deste tempo,
testado em várias versões até chegar no modelo atual, complementa o
diretor técnico.

Em sua primeira versão, o aplicativo continha a metodologia
referente à Certificação de Plantadeiras, que é o método de análise fina
da máquina, onde 31 elementos são verificados por linha de plantio. Hoje
o GA Plus é capaz também de fazer recomendações e guiar o check
geral diário durante a operação. “Fomos colocando nele todo o conceitual
agronômico desenvolvido pela empresa ao longo de anos, graças a uma programação com recursos tecnológicos e sem perder a interface
amigável para o usuário”, explica Paulo César. Ele complementa dizendo
que o aplicativo foi desenvolvido para melhorar o serviço dos gestores
que já tenham sido treinados pela startup na metodologia de
Gestão do Plantio desenvolvida pela Consultoria.

O próprio aplicativo oferece um roteiro para o preenchimento dos
dados em função do tipo de plantadeira, primeiro input requerido.
Para ilustrar, no caso da Certificação de Plantadeiras, o relatório traz
logo de início uma estimativa do potencial impacto na produtividade
esperada, assim como seu impacto financeiro caso as inconformidades
não sejam corrigidas. “Reagimos mais rapidamente quando temos a
dimensão do prejuízo”, finaliza o agrônomo.

Fonte: Agropress Marketing e Comunicação

Últimas notícias

Cadeia produtiva do café é homenageada na Assembleia Legislativa do ES

O jornalista, apresentador e diretor da Revista Negócio Rural, Bruno Faustino, foi um ...

Sementes de Palmeira Juçara serão lançadas por pilotos durante Voo Livre em Alfredo Chaves

Mais de 300 mil sementes de Palmeira Juçara foram doadas pelo Instituto Capixaba ...

Mapa registra mais 20 defensivos de controle biológico, incluindo produtos para uso na agricultura orgânica

Em 2022 já foram registrados 36 produtos de baixa toxicidade para o controle ...

Evento em Vitória destaca a importância da agricultura familiar capixaba

A agricultura familiar é uma das responsáveis por contribuir com os alimentos que ...

Avião caracterizado de abelha decola em homenagem aos maiores polinizadores do planeta

Piloto de aviões agrícolas há mais de 40 anos, José Paulo Garcia fez ...