Venda casada em crédito rural é ilegal e agricultor pode denunciar

Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, defendeu um esforço do governo junto a entidades do agro e bancos para combater a venda casada no agronegócio. O pedido foi feito em um seminário online, que contou com a participação dos ministros da Justiça, André Mendonça, e da Agricultura, Tereza Cristina. 

Segundo João Martins, a venda casada é uma prática ilegal, em que a liberação do crédito rural vem acompanhada da contratação de outros serviços ou produtos bancários, como títulos de capitalização e seguros não relacionados à produção. Há cerca de um ano, os ministérios e a CNA assinaram um acordo para combater este tipo de crime. 

No seminário, a ministra Tereza Cristina anunciou uma plataforma do Mapa para que o produtor possa denunciar esse tipo de prática. A ferramenta já está disponível para acesso no site do Ministério da Agricultura. Em estudo da confederação, o título de capitalização (53%) e o consórcio (25%) foram os principais serviços que produtores tiveram que adquirir para conseguir financiamento dentro da venda casada.

Clique aqui para fazer a denúncia!

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Preço do leite ao produtor sobe, mas custos de produção reduzem margens

O preço do leite recebido pelo produtor manteve a tendência de alta no ...

Estimativa de safra de café é reduzida pela Conab e próxima colheita preocupa

Foto: Julio Huber O país deverá produzir aproximadamente 46,9 milhões de sacas de ...

Deflagrada nova edição da Operação Mata Atlântica em Pé

Teve início ontem (20), a Operação Mata Atlântica em Pé, iniciativa voltada ao ...

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...