Ação solidária entrega cestas básicas e itens de higiene no norte capixaba

A 16ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo (DNCL), realizada no último sábado (08), no Centro de Acolhida Maria Imaculada (CEAMI), em Sooretama, norte do Espírito Santo, teve uma ação diferente dos encontros anteriores. Diferentemente dos outros anos, quando as comemorações aconteciam no dia 18 de agosto e envolviam as escolas próximas à Central de Linhares, neste ano, devido à pandemia, foi realizada uma ação solidária. Com o tema “Celebrar conquistas e multiplicar solidariedade”, o evento teve atividades virtuais e doações de cestas básicas e itens de higiene pessoal.

De acordo com o coordenador da Central de Recebimento de Embalagens de Linhares, Eduardo de Oliveira, na unidade, que é gerenciada pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inPEV), foram recebidas 106 cestas básicas, 300 máscaras e 200 unidades de álcool gel, em parceria com a Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários (Assoagres), as entidades CEAMI, e ainda a comunidade de Santa Luzia, também localizada em Sooretama.

Para o CEAMI foram doadas 84 cestas básicas, 256 máscaras e 176 unidades de álcool gel. O restante dos itens foi entregue para a comunidade de Santa Luzia (22 cestas básicas, 44 máscaras e 24 álcool gel). Segundo o gestor e responsável técnico da Assoagres, Olivério Poltronieri Neves, o Dia Nacional do Campo Limpo é comemorado, no Espírito Santo, desde 2014 através de atividades com as escolas do entorno da central.

“Todos os anos abrimos as portas da central para que as crianças possam conhecer nosso trabalho de perto e fazer atividades ligada a importância da reciclagem e todo esse papel da educação e conscientização. Esse ano, devido a pandemia, foi proposta essa ação solidária. O mais importante da ação foi ver a alegria de cada família selecionada pelo CEAMI e a comunidade de Santa Luzia ao receber uma cesta básica. Isso deixa a gente muito emocionado e reflexivo da importância do nosso papel como sociedade em colaborar neste momento”, declarou Poltronieri.

De acordo com Lucinete Buzatto, que é assistente social do CEAMI, a ação foi de extrema importância. “Ficamos muito satisfeitos com a iniciativa do inPEV em colaborar com o Centro de Acolhida. Com certeza essas doações muito ajudarão as famílias de nossas crianças que mais do que nunca precisam de colaboração neste momento de incertezas e fragilidades”, destacou a assistente social.

O inPEV é a entidade gestora do Sistema Campo Limpo (SCL), que é um programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas. Para realização do evento foram realizadas parcerias com instituições que doaram as cestas básicas e os demais itens.

“A intenção do evento foi mobilizar a comunidade a celebrar a data praticando o bem. Ao mesmo tempo, reconhecemos o empenho de todos que mantiveram o SCL funcionando com segurança e eficiência, reafirmando nosso compromisso com a construção de uma sociedade melhor”, afirma João Cesar Rando, diretor-presidente do inPEV.

O CEAMI foi fundado em 2003 e atende crianças e adolescentes entre 3 a 14 anos de idade em situação de risco e vulnerabilidade social. Atende atualmente 120 beneficiados, bem como seus familiares em dois turnos, por meio de oficinas de artesanato, capoeira, leitura, informática, recreação e lazer, além de apoio pedagógico em horário alternado ao escolar, de segunda a sexta-feira.

Fonte: Agência Campo Vivo

Últimas notícias

Pesquisas e iniciativa ampliam adoção de tecnologias poupa-terra

Os sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) são eficientes para aumentar a produtividade agropecuária ...

Importante estrada para escoação agrícola será pavimentada no Espírito Santo

Um sonho antigo de agricultores e moradores de Domingos Martins e de Santa ...

Roteiro turístico capixaba é pré-selecionado para o projeto Experiências do Brasil Rural

A divulgação do resultado final está prevista para o dia 24 de maio. ...

Processo transforma casca de coco verde em etanol

A Ufes recebeu o deferimento de uma nova patente, a sétima concedida à ...

Selo Arte está presente em 160 produtos artesanais do país

A certificação permite a comercialização dos produtos de origem animal em todo o ...