Autorizada venda de antissépticos e sanitizantes por lojas e cooperativas agropecuárias

Em resposta a um ofício da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou que lojas e cooperativas agropecuárias estão autorizadas a comercializar preparações antissépticas ou sanitizantes oficiais.

Segundo a CNA, muitos produtores rurais estavam com dificuldades de compra dessas preparações, que se fazem necessárias para garantir a adequada desinfecção das instalações rurais, meios de transporte e higienização adequada dos colaboradores diante da pandemia do Covid-19.

“Lojas de insumos e cooperativas agropecuárias relataram, nos meios de comunicação do Sistema CNA, dificuldade de acesso e comercialização de preparações antissépticas ou sanitizantes oficinais como álcool em gel, pelo entendimento controverso sobre a autorização ou não, da comercialização desses produtos”, afirmou Maciel Silva, coordenador de Produção Agrícola da Confederação.  

No ofício à Anvisa, a CNA solicitou um posicionamento com informações consolidadas sobre a autorização desses estabelecimentos para comercializar esses produtos. De acordo com Silva, neste período de pandemia e com o início da colheita de várias culturas que demandam alta densidade de mão de obra, a preocupação com a saúde se tornou maior.  

“Devido à demanda de grandes volumes desses produtos, que passaram a ser insumos essenciais para manutenção da produção, as lojas de insumos e cooperativas agropecuárias se tornaram os principais estabelecimentos com potencial para oferecimento desses produtos em áreas rurais”, disse.

A Agência informou que não é necessária a permissão para que as lojas de insumos agropecuários e cooperativas agrícolas comercializem preparações antissépticas ou sanitizantes oficinais, porque a dispensa de Autorização de Funcionamento (AFE) para essa finalidade já consta no item III do art. 5º da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 16/2014, da Anvisa. 

Fonte: CNA

Últimas notícias

Conheça uma produção de café sustentável e tecnológica

A produção de café conilon do cafeicultor Gerson Camiletti, em Sooretama, foi aperfeiçoada ...

Agro brasileiro mostra-se inovador, tecnológico, produtivo e sustentável em Congresso de Marketing do Agro ABMRA

“Essa edição do Congresso ABMRA reuniu diversos elos da cadeia e conseguiu trazer ...

Café do Campo das Vertentes conquista selo de Indicação Geográfica

O clima ameno, com excelente altitude para o plantio e características próprias que ...

Mapa promove capacitação online sobre Programa de Sanidade dos Equídeos

As inscrições já estão abertas e o curso pode ser concluído em 60 ...

Sobe para 35 o número de municípios capixabas com Risco Moderado para Covid-19

A taxa de ocupação dos leitos potenciais de UTI para tratamento do novo ...