Bolsa de Nova York segue operando com valorização para o café

O mercado futuro do café arábica continua operando com altas nos principais contratos nesta terça-feira (24) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 13h03 (horário de Brasília), maio/20 tinha valorização de 350 pontos, valendo 124,80 cents/lbp, julho/20 subia 245 pontos, negociado por 124,45 cents/lbp e setembro/20 registrava valorização de 180 pontos, sendo negociado por 124,25 cents/lbp. 

Após encerrar as últimas sessões com altas expressivas, o setor segue operando com altas e de acordo com sites internacionais, aguardando por notícias de como a pandemia do Coronavírus deve afetar as embarcações do café em todo o mundo, como o consumo mundial e principalmente o abastecimento na América do Sul.

“Na sexta-feira passada, disse o comerciante de café Volcafe clientes que a pandemia de coronavírus está causando atrasos logísticos que se tornarão “mais disseminados” nos principais países produtores de café, o que pode atrasar o envio de café para portos e outras operações de transporte”, destacou o site internacional Barchart em sua análise diária. 

Fonte: Notícias Agrícolas

Últimas notícias

Abacate: dos quintais para os espaços gourmets e fitness

Alçado a "super alimento" e ingrediente diferenciado em restaurantes, fruta teve seu valor ...

Liberados R$ 7,4 milhões para custear pesquisas e inovações na cafeicultura

O apoio do Conselho Nacional do Café (CNC) à demanda apresentada pela Embrapa ...

Mercado de alimentos à base de vegetais é tema de workshop

Ministério tem buscado levantar informações junto ao setor que possam embasar uma futura ...

Lançada plataforma tecnológica com dados do solo brasileiro

Ferramenta fortalece produção agrícola e manejo sustentável da terra O conhecimento dos solos ...

Um município capixaba entra em risco alto e 49 estão em risco moderado para Covid-19

Julio Huber O novo mapa de risco para Covid-19 (coronavírus) foi divulgado na ...