Canal de Suez bate recorde de carga mensal

O chefe da Autoridade do Canal de Suez, Osama Rabie, anunciou que um volume recorde de carga passou pelo canal no mês de outubro, atingindo a marca histórica de 112,1 milhões de toneladas. Os dados apontam que a via recebeu 1.847 navios, acréscimo de 14% em relação aos 1.620 navios recebidos no mesmo mês do ano passado. Em tonelagem, a alta foi de 11,4% sobre as 100,6 milhões de toneladas de outubro de 2020.

Rabie destacou o crescimento significativo de 12,4% no faturamento do Canal de Suez em outubro, após ter conseguido aumentar suas receitas do mês de US$ 490,2 milhões em 2020 para US$ 551,1 milhões em 2021.

Construído artificialmente, o Canal de Suez é uma via navegável no Egito, com 193 quilômetros de comprimento, conectando os mares Mediterrâneo e Vermelho. O canal permite que as embarcações cruzem entre a Europa e a Ásia em ambas as direções simultaneamente, e é a trilha marítima mais rápida para transporte entre esses continentes, com economia de tempo de viagem de 15 dias em relação ao Cabo da Boa Esperança.

Rabie explicou que o crescimento da taxa de navegação no canal é consequência de uma série de políticas que foram adotadas para lidar com os mais variados tipos de embarcações que transitam pelo canal, especialmente os navios de gás natural liquefeito. Segundo ele, passaram pelo canal em outubro 84 navios gaseiros frente 46 gaseiros do mesmo mês de 2020. Esses números caracterizam uma alta sem precedentes de 82,6%, no que tange à quantidade de gaseiros. Também houve aumento de 87,5% no volume de carga transportada por eles.

Houve ainda grande avanço na quantidade de navios como em suas cargas no acumulado do ano. De janeiro a outubro, o número de embarcações chegou a 17.020 frente a 15.640 no mesmo período do ano passado, um aumento de 8,8%. A carga transportada pela via ficou em a 1,050 bilhão de toneladas, sendo que a de janeiro a outubro de 2020 foi de 968,6 milhões de toneladas. Apesar dos desafios enfrentados pelo mundo este ano, o Canal de Suez conseguiu faturar US$ 5,2 bilhões nos dez primeiros meses deste ano, um aumento de 12,4% em relação ao mesmo período do ano passado, que foi US$ 4,6 bilhões.

Fonte: Agência de Notícia Brasil-Árabe

Últimas notícias

Ufes obtém registro de nova cultivar de café conilon com alto teor de cafeína

A Ufes obteve o registro de mais uma cultivar de café conilon no ...

Promoção de cafés especiais do Brasil em Dubai pode render US$ 23,4 milhões

Ação coordenada pela BSCA levou 19 empresas brasileiras à World of Coffee, que ...

Vinícolas gaúchas promovem atrações para celebrar a colheita da uva

Crédito: Renato Soares/MTur Tem início a temporada da Vindima no Sul do país ...

Parceria prevê US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano

Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a ...

Valor da contribuição mensal do MEI vai aumentar em fevereiro

Os microempreendedores individuais devem ficar atentos ao reajuste na contribuição mensal, que passa ...