Chuvas beneficiam segunda safra de milho no Brasil

A primeira quinzena de junho foi caracterizada pelo retorno das chuvas na região Sul, parte de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Esta condição climática beneficiou as lavouras de milho segunda safra em estado de enchimento de grãos e proporcionou a continuidade da semeadura e do desenvolvimento dos cultivos de inverno. Na região do Sealba, nova fronteira agrícola que engloba parte de Alagoas, Sergipe e Bahia, as chuvas favoreceram a implantação e o desenvolvimento do milho terceira safra.

Estes são os destaques do 6º Boletim de Monitoramento Agrícola produzido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A análise abrange os cultivos de verão 2ª safra (2019/2020) e os de inverno (2020), durante o período de 1º a 15 de junho deste ano. A publicação está disponível na página da Conab.

Ainda de acordo como estudo, não houve precipitação na região central do país, assim como no Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), o que é normal nesta época do ano. Esta condição favoreceu a maturação e a colheita do algodão e do milho segunda safra. Por outro lado, áreas de milho segunda safra plantadas fora da janela ideal e que ainda se encontram em enchimento de grãos podem ter sido prejudicadas, principalmente nas regiões onde a umidade do solo estava mais baixa.

Já na região Sul, em parte da região Norte e no leste da região Nordeste houve chuvas durante toda a primeira quinzena deste mês. Isto favoreceu o desenvolvimento do milho terceira safra na região conhecida por Sealba e do milho segunda safra ainda em frutificação no Paraná. Essa condição também foi favorável para o início do desenvolvimento dos cultivos de inverno na região Sul.

No Mato Grosso do Sul e em São Paulo as chuvas do início do mês trouxeram alívio aos produtores. Entretanto, a média diária do armazenamento hídrico no solo durante a primeira quinzena de junho ainda ficou abaixo de 25% na maior parte de São Paulo, no leste e no centro norte do Mato Grosso do Sul. Já no Sul, o índice de umidade ficou acima de 40% durante todo o período em praticamente toda a região.

Clique aqui para acessar a publicação na íntegra.

Fonte: Conab

Últimas notícias

Pesquisadores elaboram dicionário das características sensoriais do chá-mate

Grupo avaliou amostras de chá de diferentes regiões do Brasil para definir 39 ...

Índia estabelece novas exigências para importação de 24 produtos vegetais

A exportação deve estar acompanhada por certificado oficial, atestando que os produtos não ...

Rota marítima pelo Pacífico pode reduzir custos de frete

Os agricultores que utilizam os portos do Arco Norte podem obter redução de ...

Região de Poços de Caldas investe em marca coletiva de café vulcânico

Poços de Caldas, no Sul de Minas, é destino de muitos turistas atraídos ...

Marco Legal das Startups é aprovado no Senado

Em 2021, a relação entre cooperativas e startups pode ser ainda mais estimulada ...