CNA/Senar lança plataforma para estimular venda de produtos do agro

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) lançou com apoio do Ministério da Agricultura, uma plataforma nacional de comércio eletrônico que vai reunir produtores rurais, aplicativos, redes de supermercados e prestadores de serviço de frete para facilitar a comercialização de produtos do campo.

No portal http://mercado.cnabrasil.org.br/, o produtor poderá cadastrar a sua região e os produtos que têm à disposição, e o interessado em comprar informará sua demanda e abrangência. As entregas poderão ser feitas por empresas de logística com atuação nacional ou regional, que estiverem cadastradas na Plataforma.

“O objetivo da ferramenta é diminuir a distância de quem produz e quem consome, além de facilitar a comercialização não apenas nesse momento em que os canais de distribuição convencionais estão prejudicados pela pandemia do coronavírus”, afirmou o coordenador de Inovação do Sistema CNA/Senar, Matheus Ferreira.

Os compradores poderão se cadastrar na plataforma da CNA e indicar a sua necessidade por produtos, quantidades e regiões de abrangência e, a partir daí, localizar os produtores que estão mais próximos, destaca Ferreira. “Com isso, esperamos viabilizar o comércio eletrônico também nos pequenos e médios municípios do País.”

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (FAES), Júlio Rocha, destaca que a plataforma vai ajudar bastante os produtores e consumidores capixabas. “A plataforma ficou excelente e demonstra a competência dos técnicos que trabalham na CNA e toda diretoria. É uma forma de aproximação sustentável entre produtores, consumidores e comerciantes”.

Guia – O Sistema CNA/SENAR também vai disponibilizar ao produtor rural um guia com orientações sobre como comercializar seu produto pela internet. A publicação trará, além de informações sobre embalagem, volume e peso, dicas de como tornar o produto mais atrativo para o consumidor.

“Essas são algumas das ações que a CNA tem desenvolvido para auxiliar o produtor rural. Já temos a parceria do Ministério da Agricultura, e estamos conversando com outras instituições e empresas interessadas em participar da iniciativa. Em breve teremos atualizações na plataforma com a inclusão de novas funcionalidades”, finaliza Matheus Ferreira.

Acesse o guia completo no link abaixo:
http://mercado.cnabrasil.org.br/assets/guia_comercio_eletronico_final.pdf

Fonte: CNA / Iá Comunicação

Últimas notícias

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...

Campanha pretende estimula consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite ...

Conab afirma que clima prejudica oferta de hortaliças e frutas no país

Quem procura preços baixos no atacado terá que aguardar mais um pouco até ...

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação acolhe também o tema de sustentabilidade

Um dos eventos mais tradicionais do ecossistema brasileiro de inovação e o maior ...