Covid-19: apenas Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Alfredo Chaves seguem com comércio fechado

Setenta e dois municípios capixabas poderão reabrir o comércio seguindo regras

Dos 78 municípios do Espírito Santo, 72 poderão reabrir o comércio seguindo regras anunciadas pelo governador Renato Casagrande neste fim de semana. O horário de funcionamento passa a ser de 10h às 17h. As lojas ainda devem manter o distanciamento entre os clientes, sendo um cliente a cada 10 metros quadrados. Galerias e centros comerciais podem funcionar desde que seja respeitada a metade da capacidade, ou seja, um cliente a cada 14 metros quadrados. Funcionários e clientes deverão usar máscaras obrigatoriamente. Apenas Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Alfredo Chaves seguem com comércio fechado.

A partir de agora, os municípios podem definir novas regras, com base nas orientações do Governo. A decisão foi baseada no Mapa de Gestão de Risco adotado pelo Estado, que mede a quantidade casos do novo coronavírus em cada município capixaba. Foram divididos três grupos de risco (Baixo, Moderado e Alto). Em cada um será adotado um protocolo específico a partir desta segunda-feira (20).

Os municípios que estiverem abaixo da média de casos do Estado, são considerados de Risco Baixo (Verde); os que estiverem até 50% acima da média do Estado estão no Risco Moderado (Amarelo) e os que estiverem acima dos 50% da média do Espírito Santo são considerados Risco Alto (Vermelho). Em todos os casos foram levando em conta o Coeficiente de Incidência Acumulado de casos da Covid-19, calculado pela média de casos a cada 100 mil habitantes.

Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Alfredo Chaves se encontram na situação de Risco Alto

Seis municípios capixabas já se encontram na situação de Risco Alto. São eles: Alfredo Chaves, Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana – sendo que estes dois últimos têm coeficientes do grupo amarelo, mas foram incluídos no grupo vermelho por fazerem parte da Região Metropolitana e da dificuldade de se fazer o controle da interação social de seus moradores com dos demais municípios vizinhos.

Outros nove municípios que se limitamcom o grupo vermelho foram incluídos automaticamente em Risco Moderado. São eles: Anchieta, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Iconha, Marechal Floriano, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina e Vargem Alta. Os 63 municípios capixabas restantes foram classificados no grupo verde, ou seja, de Risco Baixo.

O Governo do Estado anunciou que, em decorrência da Grande Vitória ter municípios em Risco Alto, serão instaladas barreiras sanitárias nos limites dos municípios, a exemplo dos postos de controle instalados nas divisas estaduais. Além disso, o Mapa de Gestão de Risco também estabelece que o Estado possa entrar em Risco Extremo (cor roxa), caso ocorra um aumento significativo do número de casos.

CONFIRA AS MEDIDAS A SEREM IMPLEMENTADAS PELO ESTADO E PELOS MUNICÍPIOS, DE ACORDO COM A CLASSIFICAÇÃO DE RISCO:

RISCO BAIXO (VERDE)

Medidas sociais:

  • Orientação/conscientização para isolamento social e distanciamento social (Disk Aglomeração);
  • Orientação/conscientização para adoção de medidas de proteção (máscaras e higiene);
  • Abordagem às pessoas para orientação;
  • Comunicação social, por meio de rádio, carros de som e outros;
  • Monitoramento de casos suspeitos e infectados;
  • Instalação do Sistema de Comando de Operações e elaboração de plano de contingência;
  • Municípios acima de 50 mil habitantes deverão instalar um centro de comando geral e um centro de comando em saúde;
  • Recomendação para que as pessoas dos grupos de risco permaneçam em isolamento total.

Medidas comerciais:

  • Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas: um cliente por dez metros quadrados, obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e observação do distanciamento social em filas;
  • Funcionamento entre 10h e 17h nos municípios com menos de 70 mil habitantes;
  • Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;
  • Galerias e centros comerciais devem funcionar com 50% da ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados).

Transporte público:

  • Higienização de veículos em nível Covid-19;
  • Proteção obrigatória para tripulação (máscaras, álcool e luvas);
  • Instalação de dispositivos de álcool em gel nos terminais;
  • Distanciamento entre pessoas em filas para embarque.

Limites municipais:

  • Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio da autoridade municipal;
  • Barreira sanitária nas rodoviárias.

RISCO MODERADO (AMARELO)

Medidas sociais:

  • Adoção de todas as medidas previstas para municípios do grupo de Risco Leve;
  • Recomendação do isolamento social com intervenção local da autoridade pública;
  • Recomendação das medidas de proteção (uso de máscara e ampliação das medidas de higiene);
  • Abordagem às pessoas para recomendação;
  • Monitoramento casos confirmados e suspeitos;

Medidas comerciais:

  • Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas com obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e clientes;
  • Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;
  • Lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

Transporte público:

  • Limitação de pessoas por veículo (redução de 35% da frota);
  • Recomendação da utilização do CartãoGV (válido para a Grande Vitória);
  • Lavagem dos pontos de ônibus com água e sabão pelo Município;
  • Higienização dos veículos nos terminais por período;
  • Suspensão da utilização do transporte público por idosos em horários de pico.

Limites municipais:

  • Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio de autoridade municipal;
  • Barreira sanitária nas rodoviárias.

RISCO ALTO (VERMELHA)

Medidas sociais:

  • Adoção de todas as medidas previstas para municípios dos grupos de Risco Leve e Moderado;
  • Determinação de isolamento social com intervenção local e aplicação de sanção;
  • Determinação às pessoas para uso de máscaras;
  • Monitoramento casos suspeitos e infectados.

Medidas comerciais:

  • Funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais e de estabelecimentos autorizados por regras dispostas em decretos com medidas qualificadas, definidas em protocolos específicos;
  • Aplicação de multa;

Transporte público:

  • Restrição de passageiros em pé;
  • Obrigatoriedade da utilização de CartãoGV (válido para Grande Vitória);
  • Obrigatoriedade do uso de máscaras para tripulantes e passageiros;

Limites municipais:

  • Barreiras sanitárias nos limites dos municípios com controle rigoroso, por meio de autoridades municipal e estadual com o apoio das Forças Armadas;
  • Barreira sanitária nas rodoviárias.

Últimas notícias

Rastreabilidade do gado atende às exigências do mercado europeu e proporciona maior rentabilidade aos pecuaristas

O mercado internacional de carne bovina está em crescimento. Segundo o USDA, serão ...

Cinco plantas para melhorar a energia do lar

Elas servem para perfumar, embelezar e até mesmo para alimentar. Mas o que ...

Oeste da Bahia vai ampliar cultivo de cereais e pode ajudar autossuficiência do Brasil

A triticultura da região oeste da Bahia pode contribuir na busca por autossuficiência ...

Mundo digital é uma oportunidade de negócios no agro

O agronegócio avançou fortemente em termos de digitalização durante a pandemia do novo ...

Estudantes realizam ação de reflorestamento em Colatina

A atividade foi coordenada pelo Núcleo de Educação Ambiental e Agroecologia Estudantes e ...