Deputada quer isentar agricultores de multas junto a Receita Estadual

A deputada estadual Janete de Sá, presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES), foi acionada foi pela Câmara de Vereadores de Castelo, reivindicando ajuda para os agricultores que estão sendo multados pela Receita Estadual por não terem comunicado a renovação dos contratos agrícolas. 

De acordo com o ofício enviado pelo presidente da Câmara Municipal, Tiago de Souza, por conta do questionamento do vereador Edimar Celin, a multa é de R$ 218,00. A partir de janeiro do ano que vem, o valor será de R$ 2.280,00.

“Os agricultores alegam que foram surpreendidos com esta multa e solicitam um prazo até o final do ano para regularizar as pendências sem que sejam multados. Diante disso vamos agendar uma reunião com o secretário estadual da fazenda para ver o que podemos fazer. Entendemos que os nossos agricultores não podem mais ser impactados financeiramente, uma vez que ao longo dos anos já vem amargando prejuízos com períodos de seca, enchentes e também por conta da pandemia da Covid-19”, declarou a deputada Janete de Sá.

A Lei 7000/2001 estabelece, no artigo 75-A, que a pena de multa será aplicada em casos, como: faltas relativas à inscrição e às alterações cadastrais, como deixar de requerer o cancelamento da inscrição no prazo de 30 dias contado do encerramento da atividade do estabelecimento; deixar de comunicar ao Fisco, no prazo previsto na legislação, mudança do estabelecimento para outro endereço ou qualquer alteração cadastral ou contratual.

Fonte: Assessoria de imprensa deputada Janete de Sá

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...