Divulgada a lista de flores e plantas ornamentais introduzidas no Brasil

O setor de flores e plantas ornamentais vem se recuperando após as dificuldades enfrentadas com a pandemia do coronavírus, que diminuiu significativamente a demanda e fez com que os produtores descartassem parte da produção. Para reverter esse quadro e apoiar o setor, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou a Instrução Normativa 64/2020 e disponibilizou no site a lista com mais de 1,8 mil espécies de flores e plantas ornamentais introduzidas no Brasil.

Com a catalogação das espécies em uma lista oficial, o Ministério procura garantir maior segurança jurídica para a produção, exploração comercial e promoção da inovação de flores ornamentais no país.

A lista de espécies ornamentais é resultado de um trabalho extenso do Mapa, responsável pela elaboração, publicação e revisão. Fazem parte dessa listagem plantas como orquídeas, cactus, begônias e palmeiras, entre outras. Muitas dessas espécies são comuns em diversos Estados, mas a maioria é originária de outros países.

A atualização da relação das espécies é importante para as atividades de ciência, tecnologia e inovação realizadas com espécies exóticas – que não são nativas do Brasil e não estão sujeitas ao cadastro criado pela Lei da Biodiversidade (Lei nº 13.123, de 2015). Essa legislação dispõe sobre o acesso ao patrimônio genético, sobre a proteção e o acesso ao conhecimento tradicional associado e sobre a repartição de benefícios para conservação e uso sustentável da biodiversidade.

De acordo com Cleber Soares, diretor de Inovação do Mapa, a atualização da lista é uma grande conquista para o setor de flores e plantas ornamentais. “O Brasil dá um salto com a regulamentação e garante mais transparência e segurança jurídica. A ação oferece mais oportunidades para os produtores, principalmente, para os agricultores familiares,” comentou.

A beleza e riqueza da flora brasileira, a diversidade climática e a posição estratégica do país em relação ao mercado internacional constituem fatores de sucesso no setor de flores e plantas ornamentais. Com 8,2 mil produtores, 15 mil hectares de área cultivada e mais de três mil variedades produzidas em todo o Brasil, o mercado de flores e plantas ornamentais é responsável por 200 mil empregos em toda a cadeia.

A lista de espécies ornamentais foi publicada no Diário Oficial da União e já está disponível clicando aqui.

Fonte: Ministério da Agricultura

Últimas notícias

Nova instrução normativa de bem-estar animal nas granjas brasileiras é tema de evento on-line

A nova instrução normativa (IN 113/2020) que visa as adequações de manejo e ...

Líbia prepara primeira exposição focada em cafés

Evento reunirá produtores, vendedores, representantes de marcas nacionais e regionais, além dos amantes ...

Jerônimo Monteiro realiza primeira Mostra de Café Especial

O município de Jerônimo Monteiro vai realizar a 1ª Mostra de Café Especial. ...

Tradição familiar no agronegócio em evidência na Praça do Papa

A tradição familiar marca o agronegócio capixaba, que, segundo dados do Governo do ...

Ação de fiscalização do Mapa apreende 173 mil litros de bebidas com indícios de fraude

Uma ação de fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) resultou ...