Edital para projetos de Pesquisa de Agroecologia em áreas atingidas pela barragem de Mariana é prorrogado

Novo prazo para pesquisadores apresentarem propostas é até o dia 15 de junho

O Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) reabriu, na última sexta-feira (20), o Edital Fapes/Fundação Renova nº 03/2022 para a seleção de projetos que integrem atividades de pesquisa, educação e extensão em agroecologia e produção orgânica nas áreas capixabas da Bacia do Rio Doce. O total de investimentos é de R$ 760 mil em recursos da Fundação Renova.

Os pesquisadores terão prazo até o dia 15 de junho de 2022 para apresentarem as propostas, que devem ser direcionadas a uma ou mais linhas temáticas dentro do total de 11 estabelecidas pelo edital. As regras do edital foram elaboradas pela Fapes e a Fundação Renova, baseadas no Acordo de Cooperação Técnica celebrado em 2017. Os projetos são direcionados à recuperação das regiões capixabas do Rio Doce, atingidas pelos resíduos oriundos do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, ocorrido 2015.

Os interessados devem ser vinculados a instituições de Ensino Superior ou Pesquisa, públicas ou privadas sem fins lucrativos, localizadas no Espírito Santo, que estejam vinculados ou desejam implementar Núcleos de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) ou a Rede Estadual de Núcleos (R-NEA). As submissões devem ser feitas na plataforma interna da Fapes (www.sigfapes.es.gov.br).

O valor dos recursos financeiros solicitados à Fapes em cada proposta deverá observar os valores mínimo e máximo para cada núcleo: Rede Estadual de Núcleos (de R$ 180 mil a R$ 250 mil) e Núcleos de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (de R$ 100 mil a R$ 170 mil).

O edital tem como objetivo apoiar a infraestrutura científica, tecnológica e de inovação baseadas em 13 pontos de ação, sendo dois centrais:   

  • Induzir a formação da Rede Estadual de Núcleos (RNEA-ES), que integre informações dos núcleos relativas às tecnologias e aos conhecimentos relacionados à produção orgânica de base agroecológica;
  • Induzir à formação de Núcleos de Estudos em agroecologia e produção orgânica (NEA`s) nas linhas temáticas apresentadas no edital. 

O Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) é um espaço de construção de conhecimento agroecológico, a partir de ações de Ensino, de Pesquisa e de Extensão que mobilizam interações entre agricultura de base ecológica e a socio biodiversidade nos territórios. 

A Rede Estadual de Núcleos de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica (RNEA-ES) é a organização estruturada de grupos que desenvolvem projetos de pesquisa e extensão de NEAs, de diferentes instituições do Estado, que articulem e materializem ações de Agroecologia, por meio da criação e fortalecimento de um ecossistema de cooperação e troca de saberes e boas práticas, e que possam, por sua vez, levar à diversificação e à ampliação das ações coletivamente. 

Serviço: 

Edital Fapes/Fundação Renova nº 03/2022 

Prazo para submissão: até o dia 15 de junho de 2022

Site para submissão: www.sigfapes.es.gov.br

Fonte: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...