Emitidos alertas de perigo para queda brusca de temperatura e neve no Brasil

Julio Huber

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu 21 alertas meteorológicos de perigo para 22 Estados brasileiros e o Distrito Federal. Outros 16 alertas futuros também estão previstos. A maior parte dos alertas é relacionada a quedas bruscas de temperaturas, vendavais, chuvas intensas, ventos costeiros, geadas e até neve, mas também há estados com previsão de baixa umidade do ar, o que pode ocasionar incêndios e prejudicar a saúde humana.

A maioria desses alertas é devido a frente fria que está na região Sul do Brasil, e que se aproxima do Sudeste e Centro-Oeste. Apelidado de Frozen, a massa de ar polar que promete provocar as temperaturas mais baixas do ano já está provocando chuvas, temperaturas abaixo de zero e vendavais nos estados do Sul.

Nos estados da Região Sul o frio está muito intenso na tarde de hoje. Com o ar muito frio e úmido, precipitações de inverno começaram cair na tarde desta quinta-feira na serra do Rio Grande do Sul. Pelas redes sociais, até às 15 horas, já se tinha notícia de chuva congelada e neve misturadas na região de São Francisco de Paula e Nova Petrópolis.

Foto: Fernando Keiser

Chuva congelada e neve já foram registradas na tarde de hoje (20) em estados do Sul

A previsão é de que a nebulosidade persista e o frio aumente até a noite na serra gaúcha, na serra catarinense e no planalto sul de Santa Catarina. Assim, a chance de nevar aumenta também. Tem previsão de mais neve para esta sexta-feira (21), que poderá ocorrer na serra do Rio Grande do Sul, na serra e planalto sul e norte catarinense e no sul do Paraná. O frio será muito intenso nesta sexta-feira em todo o Sul do Brasil.

Na tarde desta quinta-feira (20), o Inmet divulgou um alerta laranja de perigo para a saúde humana para Mato Grosso, Goiás e Rondônia. O alerta inicia às 15 horas de hoje e permanece até as 18 horas de amanhã (21).

De acordo com o Instituto, há risco de queda brusca na temperatura no centrossul mato-grossense, nordeste mato-grossense, norte mato-grossense, sudeste mato-grossense, sudoeste mato-grossense, centro goiano, sul goiano, noroeste goiano, sudeste rondonense, sudoeste rondonense e Alto Madeira.

Os 37 alertas estão previstos para 22 Estados brasileiros e o Distrito Federal

A atuação mais ampla e intensa desta onda de frio sobre o Brasil será nos dias 20, 21 e 22 de agosto. Além do Brasil, haverá frio intenso na Argentina, no Uruguai, Paraguai, Bolívia e em parte do Peru.

Todo ano ocorre pelos menos uma onda de frio muito forte na América do Sul, mas esta massa polar será especialmente forte e abrangente para agosto. O vento frio desta enorme massa polar deve ser suavizar o calor até no extremo sul do Pará e do Tocantins. Algum efeito deve ser sentido também em parte da Bahia.

No Espírito Santo, de acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a frente fria deve passar entre sábado (22) e domingo (23), e pode resfriar a temperatura, mas não de maneira intensa, podendo causar efeitos característicos comuns de inverno como temperaturas abaixo de 5°C na região Serrana e em torno de 15°C na região Metropolitana.

MAR AGITADO – De acordo com o Climatempo, a frente fria que avança para o Sudeste e provoca vento forte sobre o oceano. O vento soprando de forma intensa e persistente sobre o mar forma as ondas que, nesta quinta-feira (20), e nos próximos dias, vão deixar o mar agitado no litoral das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Há previsão de ressaca nas praias do Rio Grande o Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo e do Rio de Janeiro.

No Sul do país, a ondulação do mar é de sul nesta quinta-feira e as ondas aumentam de tamanho no decorrer do dia, com altura chegando a três metros a partir da tarde nas praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. No litoral do Paraná, as ondas serão de dois a 2,5 metros de altura. Em mar aberto a altura das ondas chega a quatro metros.

Amanhã (21), a ondulação do mar ainda é de sul, com ondas de três metros nas praias de Santa Cataria. A partir de sábado, a tendência é de diminuição da altura das ondas.

O mar ficará agitado nas regiões Sul e Sudeste do Brasil até domingo

No Sudeste, o mar sobe a partir do fim da tarde desta quinta-feira nas praias de São Paulo, com ondas chegando a 2,5 metros à noite, com ondulação passando a sul. Amanhã, há previsão de ressaca no litoral paulista e sul fluminense, com ondas de até três metros de altura nas praias desta faixa litorânea. Em mar aberto a altura das ondas ficam por volta de quatro metros de altura.

No sábado, a condição de ressaca persiste e o mar sobe também na costa norte do Rio de Janeiro. A altura das ondas fica entre três e 3,5 metros de altura. A ondulação do mar passa a sudeste. A partir de domingo a altura das ondas volta a diminuir.

Tempestade de granizo impressiona no sul de Minas Gerais

A presença de uma frente fria, próxima ao litoral de São Paulo, estimulou a formação de áreas de instabilidade em parte do sul de Minas Gerais na manhã da última terça-feira (18), o que provocou uma forte tempestade acompanhada de granizo que assustou moradores da região.

Foto: Alessandro Reis

Especialistas afirmaram que o granizo não tem relação com a frente fria que está no Sul

De acordo com a meteorologista da Climatempo Josélia Pegorim, as camadas mais elevadas da atmosfera sobre Sudeste estão quentes, e a proximidade com esta frente fria gerou um grande choque térmico. “Isto ajudou a formar nuvens de grande extensão vertical que conseguiram alcançar uma região na atmosfera onde a temperatura estava abaixo de 0°C, e aí houve a formação das pedras de gelo”, explica.

Vale ressaltar que a chuva que ocorreu no sul mineiro não tem qualquer relação com a neve prevista para o Sul do Brasil nos próximos dias. De acordo com o Climatempo, não há possibilidade de nevar em nenhuma área do Sudeste.

Últimas notícias

Setor agropecuário cai 3,2% no segundo trimestre no Espírito Santo

Foto: Freepik Dados divulgados pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) mostram ...

Flores mais indicadas para cultivo na primavera

A primavera, que começa na próxima terça-feira (22), é, sem dúvidas, a estação ...

Cafés mineiros dominam maior concurso de qualidade de café do mundo

Foto: Julio Huber Dez amostras de café do Cerrado Mineiro foram classificadas para ...

Controle do mosaico e da meleira do mamão continua em Linhares e região

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) realizou, esta ...

Estudo mostra que plantadeiras estão com performance 15% abaixo do necessário

O trabalho no dia a dia de uma fazenda levou o seu administrador ...