Empresas firmam parceria no Brasil para monitorar pragas em soja, algodão e milho em tempo real

A BASF Digital Farming GmbH e a PesslInstruments GmbH (Áustria) assinaram um acordo mundial de colaboração global em atividades de pesquisa e desenvolvimento para monitorar pragas nas principais culturas. No Brasil, a parceria será feita através da subsidiária local da Pessl Instruments, Metos Brasil,e visa melhorar o manejo de pragas em soja, milho e algodão.

A colaboração unirá os recursos de hardware e software da Metos, principalmente sua armadilha automatizada para monitoramento de insetos iMETOS iSCOUT, com o reconhecimento e análise de imagem do aplicativo líder de mercado da BASF Digital Farming: xarvio® SCOUTING. A combinação de experiência, dados de precisão e avançado conhecimento digital oferecerá aos agricultores, pela primeira vez, observações em nível de campo, quase em tempo real, para otimizar ainda mais a produção da lavoura.

O primeiro projeto de colaboração no Brasil se concentra no monitoramento e modelagem para a lagarta Helicoverpa armigera, nas culturas da soja, milho e algodão. Outra praga foco da parceria é o bicudo do algodoeiro(Anthonomus grandis). Os testes começaramem maio de 2021 e tem o objetivo de ajudar os agricultores no reconhecimento e monitoramento das pragas em suas lavouras de uma maneira automatizada e assertiva.

“Um dos maiores desafios na produção de soja, milho e algodão é obter dados pontuais, emtempo real, sobre o monitoramento de algumas pragasno campo. Com esta parceria, podemos identificar com precisão as espécies de pragas presentes no campo e o nível de infestação”, explica Ricardo Arruda, gerente Técnico Digital de xarvio®.

Ao associar o reconhecimento e análise de imagem do xarvio® SCOUTING à armadilha automatizada de insetosiSCOUT, é possível solucionar este problemade maneira conjunta.

Com o monitoramento de insetos será possível observar o tipo de insetos, número de plantas afetadas e ajudar a evitar que o dano ocorra. Equipamentos de agricultura de precisão, com o apoio da inteligência artificial, permitem um foco mais detalhado nos alvos e contribuem com uma tomada de decisão mais assertiva. “A agricultura de precisão ajuda a garantir um uso mais eficiente dos insumos agrícolas. E isso é bom para os agricultores, para a sustentabilidade e para a biodiversidade”, pondera Ricardo Arruda.

“Com a armadilha para insetos iSCOUT, que é totalmenteautônoma e alimentada por energia solar, podemos monitorar a pressão de pragas 24 horas por dia, 7 dias por semana, e enviar os dados, quase em tempo real,para o xarvio® SCOUTING fazer o reconhecimento de imagem. Com isso, oferecemos aos agricultores o melhor monitoramento e controle de insetos a qualquer momento, em qualquer lugar”, concluiu Luciano Loman, diretor executivo da METOS Brasil

Para as culturas de frutas e hortaliças, o monitoramento estará disponível na Argentina, na Europa e Índia.

Fonte: ASF Digital Farming GmbH

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...