Empresas firmam parceria no Brasil para monitorar pragas em soja, algodão e milho em tempo real

A BASF Digital Farming GmbH e a PesslInstruments GmbH (Áustria) assinaram um acordo mundial de colaboração global em atividades de pesquisa e desenvolvimento para monitorar pragas nas principais culturas. No Brasil, a parceria será feita através da subsidiária local da Pessl Instruments, Metos Brasil,e visa melhorar o manejo de pragas em soja, milho e algodão.

A colaboração unirá os recursos de hardware e software da Metos, principalmente sua armadilha automatizada para monitoramento de insetos iMETOS iSCOUT, com o reconhecimento e análise de imagem do aplicativo líder de mercado da BASF Digital Farming: xarvio® SCOUTING. A combinação de experiência, dados de precisão e avançado conhecimento digital oferecerá aos agricultores, pela primeira vez, observações em nível de campo, quase em tempo real, para otimizar ainda mais a produção da lavoura.

O primeiro projeto de colaboração no Brasil se concentra no monitoramento e modelagem para a lagarta Helicoverpa armigera, nas culturas da soja, milho e algodão. Outra praga foco da parceria é o bicudo do algodoeiro(Anthonomus grandis). Os testes começaramem maio de 2021 e tem o objetivo de ajudar os agricultores no reconhecimento e monitoramento das pragas em suas lavouras de uma maneira automatizada e assertiva.

“Um dos maiores desafios na produção de soja, milho e algodão é obter dados pontuais, emtempo real, sobre o monitoramento de algumas pragasno campo. Com esta parceria, podemos identificar com precisão as espécies de pragas presentes no campo e o nível de infestação”, explica Ricardo Arruda, gerente Técnico Digital de xarvio®.

Ao associar o reconhecimento e análise de imagem do xarvio® SCOUTING à armadilha automatizada de insetosiSCOUT, é possível solucionar este problemade maneira conjunta.

Com o monitoramento de insetos será possível observar o tipo de insetos, número de plantas afetadas e ajudar a evitar que o dano ocorra. Equipamentos de agricultura de precisão, com o apoio da inteligência artificial, permitem um foco mais detalhado nos alvos e contribuem com uma tomada de decisão mais assertiva. “A agricultura de precisão ajuda a garantir um uso mais eficiente dos insumos agrícolas. E isso é bom para os agricultores, para a sustentabilidade e para a biodiversidade”, pondera Ricardo Arruda.

“Com a armadilha para insetos iSCOUT, que é totalmenteautônoma e alimentada por energia solar, podemos monitorar a pressão de pragas 24 horas por dia, 7 dias por semana, e enviar os dados, quase em tempo real,para o xarvio® SCOUTING fazer o reconhecimento de imagem. Com isso, oferecemos aos agricultores o melhor monitoramento e controle de insetos a qualquer momento, em qualquer lugar”, concluiu Luciano Loman, diretor executivo da METOS Brasil

Para as culturas de frutas e hortaliças, o monitoramento estará disponível na Argentina, na Europa e Índia.

Fonte: ASF Digital Farming GmbH

Últimas notícias

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...

Expoagro é uma das vitrines para o agronegócio de Mato Grosso

Mato Grosso é destaque internacional quando se trata de agronegócio. E a Capital ...

Colheita de uva é sucesso em Linhares

Ao menos de quatro mil pessoas passaram pelo parreiral de uva do Polo ...

Conheça o vencedor do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido neste ...