Famílias rurais capixabas recebem cestas básicas do Programa Agro Fraterno

No próximo sábado (21) serão entregues cestas básicas e itens de higiene pessoal do Programa Agro Fraterno, liderado no Espírito Santo pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faes), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-ES) e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB/ES), em parceria com o Sindicato Rural e a Prefeitura de Pedro Canário. A entrega acontecerá nos distritos de Cristal do Norte e Taquara, para famílias rurais selecionadas e que estão em situação de vulnerabilidade social.

O critério para a escolha das famílias que receberão as cestas básicas foi o Cadastro Único (CAD Único), da prefeitura municipal, e o cadastro do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do município.

“O Sistema Faes / Senar-ES em momento oportuno deliberou apoiar o Agro Fraterno, movimento liderado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e o Senar, para ajudar as famílias mais necessitadas atingidas pela grave crise gerada pela pandemia do coronavírus. Vamos ajudar, especialmente, quem produz alimentos para a sociedade, mas está passando por dificuldades”, explica o presidente da Faes, Julio Rocha.

O movimento é nacional e todos os Estados brasileiros estão participando. “Muitas famílias rurais capixabas estão sofrendo com a pandemia e não podemos fechar os olhos para essa realidade. Estamos trabalhando para diminuir pelo menos um pouco as dificuldades que enfrentam, levando alimento para quem está em situação de insegurança alimentar e nutricional”, disse a Superintendente do Senar-ES, Letícia Simões.

O superintendente da OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira, destaca que o cooperativismo agropecuário e o agronegócio brasileiro como um todo estão comprometidos com o programa Agro Fraterno, um movimento intimamente relacionado ao sétimo princípio do cooperativismo, o Interesse pela Comunidade.

“Em um momento em que diversas famílias passam por algum grau de insegurança alimentar e vulnerabilidade social, especialmente nas zonas rurais, exercer a solidariedade deve ser um mantra. Por meio do Agro Fraterno, buscamos minimizar o sofrimento de diversas pessoas afetadas pela pandemia e pela crise econômica vigentes”, disse.

PROGRAMA – O Agro Fraterno é um programa nacional, voltado para a participação de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor, que podem fazer a adesão de forma voluntária. As doações são livres e podem ser feitas tanto com cestas de alimentos, recursos ou alimentos, de acordo com a opção dos doadores.

O doador poderá registrar sua doação. Basta entrar no site www.agrafraterno.com.br e fazer seu cadastro. Além das informações, o doador poderá colocar fotos, vídeos, matérias ou outros materiais que julgar importante para comprovar a doação. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Senar-ES

Últimas notícias

Ufes obtém registro de nova cultivar de café conilon com alto teor de cafeína

A Ufes obteve o registro de mais uma cultivar de café conilon no ...

Promoção de cafés especiais do Brasil em Dubai pode render US$ 23,4 milhões

Ação coordenada pela BSCA levou 19 empresas brasileiras à World of Coffee, que ...

Vinícolas gaúchas promovem atrações para celebrar a colheita da uva

Crédito: Renato Soares/MTur Tem início a temporada da Vindima no Sul do país ...

Parceria prevê US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano

Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a ...

Valor da contribuição mensal do MEI vai aumentar em fevereiro

Os microempreendedores individuais devem ficar atentos ao reajuste na contribuição mensal, que passa ...