Famílias são resgatadas de áreas alagadas de Linhares e pesquisas do Incaper são suspensas

O nível do Rio Doce havia recuado mais 30 centímetros até a manhã de ontem (14), no município de Linhares e estava com a cota de inundação de 5,60 metros. Conforme a Defesa Civil Municipal, na última quinta-feira (14) foram resgatadas 40 famílias na comunidade do Olaria e região de Povoação, que ficaram isoladas com a cheia do rio.

Ontem, mais cinco famílias foram resgatadas. Das 40 famílias, 19 delas estão desabrigadas e 21 desalojadas. Os moradores foram resgatados pela Defesa Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros, com o apoio do helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (NOTAER).

De acordo com a Prefeitura, o município conta com dois pontos de acolhimento aos moradores atingidos com a cheia do Rio Doce: o ginásio poliesportivo do bairro Conceição, onde 13 famílias são acolhidas, e o ginásio poliesportivo do bairro Araçá, local em que se encontram outras seis famílias.

Todos os desabrigados acolhidos pelo município são assistidos pelas equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social. Elas recebem atendimento em saúde e psicológico, alimentação e produtos de higiene pessoal. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde está atualizando a carteira de vacinação da Covid-19 e da gripe dos desabrigados, além de testes para detectar o novo coronavírus.

Duas estradas que dão acesso ao distrito de Povoação continuavam interditadas ontem, assim como a estrada que dá acesso a Barro Novo, em Brejo Grande, na região do Pontal do Ipiranga. A população pode acionar a Defesa Civil pelo telefone do Plantão 24 horas: (27) 99983 5661. Os chamados também podem ser feitos pelo 153, da Guarda Civil Municipal, e pelo 193 do Corpo de Bombeiros.

ALAGAMENTO – A elevação do nível do Rio Doce deixou a fazenda experimental do Instituto Capixaba de Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), que fica no município, totalmente inundada com as águas barrentas do rio.

No local, há criação de galinhas caipiras, pastagem e lavouras experimentais de cacau e pimenta-do-reino. As pesquisas foram totalmente interrompidas e prédios do Incaper que ficam na fazenda foram tomados pela água.

Fonte: Prefeitura de Linhares

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...