Faturamento da cafeicultura de Minas Gerais equivale a 54% do total das lavouras dos Cafés do Brasil

Receita total prevista para lavouras cafeeiras totaliza R$ 63 bilhões, sendo que MG equivale a 54%, ES 22,5%, SP 9,7%, BA 6,5%, RO 4% e PR 1,2%

O valor bruto da produção de todas as lavouras dos Cafés do Brasil, para o ano-cafeeiro 2022, foi estimado em R$ 62,9 bilhões. Referida receita tem como base o volume da estimativa da safra e os respectivos preços médios efetivamente recebidos pelos cafeicultores, no período de janeiro a maio do corrente ano.

Como os Cafés do Brasil são cultivados nas cinco regiões geográficas brasileiras, em 17 estados da Federação, incluindo o Distrito Federal, se for estabelecido um ranking em ordem decrescente das receitas dessas regiões produtoras previstas para o ano-cafeeiro em curso, constata-se o seguinte: em primeira colocação, destaca-se de forma absoluta a Região Sudeste com faturamento estimado em R$ 54,8 bilhões, cifra que corresponde a aproximadamente 87,1% do total nacional.

Na segunda posição vem a Região Nordeste com a receita calculada em R$ 4,13 bilhões, os quais equivalem a 6,6% do total. Em complemento, na terceira posição desse ranking, figura a Região Norte, cujo faturamento das lavouras de café foi estimado em R$ 2,65 bilhões, que correspondem a 4,2% dessa mesma base comparativa; e, ainda, na quarta colocação, com a receita prevista de R$ 768,47 milhões, a Região Sul terá participação em torno de 1,2%. Por fim, a Região Centro-Oeste, com o faturamento calculado em R$ 542,35 milhões, corresponderá a menos de 1% da receita total estimada para os Cafés do Brasil no ano em curso.

Estas análises da performance do Valor Bruto da Produção – VBP da cafeicultura, que ora estão sendo objeto de divulgação pelo Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, tiveram como base os dados e números constantes do VBP Maio 2022 da Secretaria de Política Agrícola – SPA, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – Mapa.

Nesse sentido, vale esclarecer que o VBP é elaborado e divulgado mensalmente pela SPA/Mapa com base no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, e, também, no caso específico do café, nos preços médios recebidos pelos produtores, tendo como referência o café arábica tipo 6, bebida dura para melhor, e o café robusta tipo 6, peneira 1.

Em complemento, caso também seja estabelecido um ranking do VBP, exclusivamente para os seis maiores estados produtores de café no Brasil, para o ano-cafeeiro 2022, em ordem decrescente, constata-se que o estado de Minas Gerais se destaca com um faturamento bruto estimado em R$ 34,08 bilhões, que equivalem a 54% do total do VBP da cafeicultura, montante que foi estimado em R$ 62,9 bilhões, conforme citado anteriormente. Em segunda colocação vem o estado do Espírito Santo com R$ 14,15 bilhões, cifra correspondente a 22,5%.

E na terceira posição deste ranking destaca-se o estado de São Paulo com R$ 6,09 bilhões, receita que se confirmada equivalerá a aproximadamente 9,7% do total. Em quarta colocação figura o estado da Bahia com R$ 4,11 bilhões (6,5%); em quinto Rondônia com R$ 2,54 bilhões (4%); e, finalmente, o estado do Paraná, que atualmente é o sexto maior estado produtor de café da Federação, com R$ 768,47 milhões, faturamento correspondente em torno de 1,2% do VBP total da produção dos Cafés do Brasil. Demais estados produtores completam os 2,1% restantes do faturamento total.

Fonte: Embrapa Café

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...