Faturamento dos Cafés do Brasil totaliza R$ 38,6 bilhões

Receita bruta do café arábica atinge R$ 29,6 bilhões e do café conilon R$ 9 bilhões em 2021

A receita bruta total estimada para os Cafés do Brasil, com base em pesquisa realizada tendo como referência os preços médios recebidos pelos produtores de janeiro a outubro deste ano 2021 foi estimada em R$ 38,6 bilhões, valor que representa um decréscimo de 5,9% em relação ao faturamento de 2020, que foi de R$ 41 bilhões. Da receita bruta deste ano, R$ 29,6 bilhões estão previstos para os cafés da espécie arábica, o que corresponde a 77% do total calculado, e R$ 9 bilhões para os cafés conilon, cifra que equivale a 23% do Valor Bruto da Produção, exclusivamente do café.

Neste contexto, o café se destaca na quarta posição em termos de geração de receita, tendo em vista que o faturamento das dezessete lavouras utilizadas no cálculo do Valor Bruto da Produção totaliza R$ 757,2 bilhões. Em primeiro lugar vem a soja, com R$ 364,8 bilhões, cifra que corresponde a aproximadamente 48% da receita total. Na sequência, figura o milho com R$ 124,1 bilhões, montante que equivale a 16% desse mesmo total.

Continua após o anúncio

Na terceira posição, a cana-de-açúcar com R$ 85,2 bilhões (11%); na quarta, o café, citado anteriormente, com R$ 38,6 bilhões equivale a 5% do faturamento total. E, em quinto, o algodão com R$ 26,8 bilhões (4%). As demais lavouras, cujo faturamento soma R$ 117,7 bilhões, correspondem a 16% da receita total estimada.

O Valor Bruto da Produção – VBP é elaborado e divulgado mensalmente pela Secretaria de Política Agrícola – SPA, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – Mapa. Tal estudo pode ser acessado pelo portal do Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café. Tal estudo tem como base a safra anual estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e os preços médios recebidos pelos produtores, divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – Cepea, da Universidade de São Paulo – USP.

Conforme também consta do VBP, o prognóstico da safra de café 2022 permite inferir que o setor deverá ter um faturamento bruto de R$ 52,2 bilhões, o que corresponderá a um acréscimo de 35,4% em relação à safra 2021. Assim, em 2022, caso se confirme tal previsão, ou seja, se a receita das lavouras atingir R$ 803,6 bilhões, o café com esse montante citado corresponderá a 6,5% desse total, elevando a sua participação em 1,5% do VBP das lavouras.

Fonte: Embrapa Café

Últimas notícias

Evento em Vitória destaca a importância da agricultura familiar capixaba

A agricultura familiar é uma das responsáveis por contribuir com os alimentos que ...

Avião caracterizado de abelha decola em homenagem aos maiores polinizadores do planeta

Piloto de aviões agrícolas há mais de 40 anos, José Paulo Garcia fez ...

Cobra aparece em pátio de prefeitura e é capturada pela Polícia Ambiental

Policiais do Batalhão de Policia Ambiental (BPMA), em Afonso Cláudio, foram acionados para ...

Até quando vai o frio?

De acordo com a Climatempo, a posição da massa de ar polar ainda ...

Exportações do agronegócio em abril alcançam recorde para o mês

As exportações do agronegócio brasileiro em abril totalizaram US$ 14,86 bilhões, valor recorde ...