Fiscais e Polícia Federal apreendem redes ilegais de pesca em Vitória

Apreensão de rede de pesca ilegal

Fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), em parceria com a Polícia Federal, apreenderam duas redes de arrasto de fundo com hidroportas na Área de Proteção Ambiental Baía das Tartarugas e Baía do Espírito Santo.

A gerente de Fiscalização da Semmam, Priscila Ligia Alvarino, conta que a ação começou às 5 horas, sendo lavrados dois autos de infração. “O pescado que estava vivo foi devolvido imediatamente ao seu habitat natural”, salientou.

No final da manhã da última sexta-feira (10), foi apreendida uma rede de espera de 200 metros no canal principal da Baía de Vitória. O infrator não foi localizado pela equipe.

Apreensão de rede de pesca ilegal

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Ademir Barbosa Filho, a multa para quem é flagrado pescando com qualquer tipo de rede em áreas ambientais proibidas de Vitória varia de R$700,00 a R$ 100 mil, e o responsável pode responder processo por crime ambiental, segundo a lei nº 9.077/17.

Fonte: Prefeitura de Vitória

Últimas notícias

Pesquisadores elaboram dicionário das características sensoriais do chá-mate

Grupo avaliou amostras de chá de diferentes regiões do Brasil para definir 39 ...

Índia estabelece novas exigências para importação de 24 produtos vegetais

A exportação deve estar acompanhada por certificado oficial, atestando que os produtos não ...

Rota marítima pelo Pacífico pode reduzir custos de frete

Os agricultores que utilizam os portos do Arco Norte podem obter redução de ...

Região de Poços de Caldas investe em marca coletiva de café vulcânico

Poços de Caldas, no Sul de Minas, é destino de muitos turistas atraídos ...

Marco Legal das Startups é aprovado no Senado

Em 2021, a relação entre cooperativas e startups pode ser ainda mais estimulada ...