Fraca demanda e baixa liquidez seguem pressionando cotações de ovos

Os preços dos ovos, que iniciaram o mês de junho em alta, não mantiveram o movimento no restante do mês, conforme era esperado por agentes do setor.

Segundo colaboradores do Cepea, desde o dia 10, as cotações vêm sendo pressionadas pela demanda enfraquecida e a consequente baixa liquidez, que elevaram os estoques em grandes produtores e/ou distribuidores.

O descompasso entre oferta e procura tem levado agentes a reprogramar os descartes de poedeiras mais velhas, que, de acordo com colaboradores do Cepea, têm sido dificultados, uma vez que muitos frigoríficos ainda estão funcionando de forma parcial.

Fonte: Cepea

Últimas notícias

Especialista diz que mercado financeiro precisa acompanhar crescimento do agronegócio

Um levantamento feito em 2021 pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil ...

Tema da Semana Internacional do Café 2021 é “retomar, reencontrar, reconectar”

Depois de uma edição 100% digital histórica em 2020, a Semana Internacional do ...

Especialistas irão falar sobre a onda de títulos verdes no Brasil

A nova onda de títulos verdes que se espalha pelo setor do agro ...

Programa de treinamento para mulheres em café é lançado no Espírito Santo

Começou, na última terça-feira (19), o primeiro curso do Programa de Treinamento em ...