Funsaf recebe mais de 100 propostas em 48 municípios capixabas

A Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), recebeu mais de 100 propostas para o 3º edital do Fundo Social de Apoio à Agricultura Familiar (Funsaf) em 48 municípios capixabas, totalizando mais de 18 milhões. As ações têm o objetivo qualificar a estrutura produtiva das associações e cooperativas de agricultores familiares do Espírito Santo, por meio de apoio a projetos voltados para a produção, agroindustrialização, beneficiamento e comercialização dos empreendimentos.

Do total de propostas, 86 foram inscritas para a Faixa C, 14 para a Faixa B e 1 para a Faixa A. A criação das faixas foi uma das inovações propostas para esse Edital, tornando-o mais inclusivo e representativo de todos. Outros fatores que podem ser apontados para o sucesso desse Edital foram a forma e o prazo de inscrições e a possibilidade de inscrição de propostas em mais de uma faixa. Com 60 dias de prazo e inscrições gratuitas feitas por meio do sistema e-Docs, o acesso das organizações foi facilitado e mais propostas submetidas.

“O 3° Edital, sem dúvidas, bateu todos os recordes. Tivemos propostas de 17 cooperativas e 84 associações. O Governo do Estado, por meio do Funsaf, reforça o compromisso com o investimento e a potencialização das ações voltadas para a agricultura familiar. O fundo possibilita o fortalecimento desse setor”, destacou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

A avaliação feita pelo presidente da Comissão Especial do Funsaf, Vinícius Costa, em relação ao término das inscrições é de que o ciclo foi encerrado de forma positiva e satisfatória. “O alto número de propostas que recebemos reforça o trabalho que a Seag tem feito para fazer desse Edital o maior de todos e comprova que estamos na direção certa. Inovamos ao trazer algumas particularidades para esse Edital, e como resultado, chegaram mais propostas do que a soma dos outros dois editais. Agora, a expectativa é que o índice de habilitação seja alto, fazendo com que o maior número possível de organizações seja beneficiado”, disse.

Os trabalhos de avaliação documental tiveram início e a previsão é de que até no fim do mês de outubro seja publicado, no Diário Oficial do Estado e no site da Seag, o resultado da fase de habilitação jurídica (primeira fase).

Sobre o Funsaf 3

O lançamento do 3º edital do Funsaf, ocorrido no último dia 27 de julho, trouxe mudanças com o intuito de evitar o ocorrido nos editais anteriores, quando apenas 20% dos projetos apresentados passavam pelas fases de habilitação jurídica e análise técnica.

De forma inédita, foram disponibilizados vídeos de treinamento, detalhando os critérios e todo o passo a passo da inscrição. Também foi permitida a contratação de consultores para preparar documentação, projeto técnico e prestação de contas, permitindo que as entidades pudessem contar com profissional qualificado para o processo.

Dados dos editais anteriores:

1º EDITAL

05 propostas contratadas (2016)

Valor total – R$ 1.135.003,28

(34 propostas apresentadas)

2º EDITAL

10 propostas contratadas (2019)

Valor total – R$ 2.266.495,52

(55 propostas apresentadas)

Últimas notícias

Senar lança cursos gratuitos de drones e inseminação artificial. Inscreva-se!

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou três cursos de curta duração, ...

Especialistas do Brasil e exterior debatem mercado halal

O fórum de negócios Global Halal Brazil ocorre na próxima semana e terá ...

Estados Unidos mudam regras para ingresso de cães procedentes do Brasil

Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, ...

Entidades afirmam que caso das búfalas de Brotas foge à regra dos produtores

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) publicou ...

Cadeia produtiva do leite é destaque em novo Boletim da Agricultura Familiar da Conab

Já está disponível, no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a publicação ...