Governador pede que trabalhadores rurais vindos de outros estados sejam examinados

Julio Huber

Durante o pronunciamento no início da noite desta segunda-feira (23), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, informou que os trabalhadores rurais que vierem ao Estado para a colheita do café precisam ser examinados em uma barreira sanitária. O objetivo é saber se as pessoas apresentam sintomas de coronavírus (Covid-19).

Casagrande informou que solicitou ao presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), Gilson Daniel, que também é prefeito de Viana, que oriente a todos os prefeitos para que façam uma triagem desses trabalhadores rurais, principalmente oriundos de outros estados.

A preocupação sobre a chegada de trabalhadores rurais é um assunto que tem sido debatido principalmente entre o setor cafeeiro. A colheita do café conilon no Espírito Santo deve ser iniciada a partir do próximo mês. “É preciso criar uma barreira sanitária para que essas pessoas sejam examinadas. Quem tiver sintomas, precisa ficar em isolamento durante 15 dias.

O governador também acrescentou que é preciso que os municípios façam monitoramento nas rodoviárias das cidades, para examinar quem entra e quem sai. “Talvez o município não tem nenhum caso da doença, e quem chega pelas rodoviárias podem trazer o coronavírus. Temos que viajar apenas por necessidade. Quanto menos pessoas estiverem transitando, menos são as chances de contaminações”, orientou.

Renato Casagrande informou que a equipe da Vigilância Sanitária do Estado está trabalhando para montar barreiras sanitárias no aeroporto e na rodoviária de Vitória. Os passageiros serão examinados para identificar se há sintomas do coronavírus. Segundo ele, esse trabalho deve ser iniciado nos próximos dias.

Casagrande comentou também sobre os caminhoneiros, que precisam de locais para se alimentarem e tomar banhos. “É preciso que os pontos de parada tenham condições para atender aos motoristas. Obrigado a todos os profissionais do transporte, que são fundamentais para manter o abastecimento”, disse.

Últimas notícias

Rastreabilidade do gado atende às exigências do mercado europeu e proporciona maior rentabilidade aos pecuaristas

O mercado internacional de carne bovina está em crescimento. Segundo o USDA, serão ...

Cinco plantas para melhorar a energia do lar

Elas servem para perfumar, embelezar e até mesmo para alimentar. Mas o que ...

Oeste da Bahia vai ampliar cultivo de cereais e pode ajudar autossuficiência do Brasil

A triticultura da região oeste da Bahia pode contribuir na busca por autossuficiência ...

Mundo digital é uma oportunidade de negócios no agro

O agronegócio avançou fortemente em termos de digitalização durante a pandemia do novo ...

Estudantes realizam ação de reflorestamento em Colatina

A atividade foi coordenada pelo Núcleo de Educação Ambiental e Agroecologia Estudantes e ...